Irã e Venezuela Negociam Petróleo

A notícia de que o Irã irá importar 20 mil barris de petróleo por dia da Venezuela, no primeiro momento em se tratando de uma transação comercial, parece um fato perfeitamente normal. O que levanta alguma dúvida é o fato de o Irã ser um dos países que está entre os maiores exportadores de petróleo do mundo, tendo ainda, como agravante, o fato de não ter condições internas de refinar o seu próprio petróleo. Por isso, quando o Irã e a Venezuela negociam petróleo e se olha para a situação política global, verificamos que são dois forte opositores dos Estados Unidos da América.

Irã e Venezuela Negociam Petróleo

Irã e Venezuela Negociam Petróleo

Mas que todo o mundo lute pelo que acredita é uma afirmação correta, embora não se deseje uma aliança contra a paz mundial, pois Hugo Chaves, na América do Sul, destruiu a democracia em seu país, cerceando a liberdade de imprensa e buscando ainda, sua permanência no poder enquanto viver. Por outro lado, no Irã, o mundo inteiro acompanhou a farsa nas eleições daquele país, onde a democracia também não existe. É verdade que os Países Emergentes Cresceram com a Crise e a grande jogada dos países tem sido a Abertura ao Comércio Global.

Estranho Acordo

Por tudo isto, quando Irã e Venezuela negociam petróleo, ficou um pé atrás em relação a esse acordo de líderes que por suas ações, nos últimos tempos, nada democráticas, agora se unem num acordo comercial nada convincente, pelo menos para o Irá, que tem petróleo até para emprestar à Venezuela se for o caso.

Extração

Extração

Outro fator importante que nos faz raciocinar na mesma linha, é que de acordo com a resolução entre os dois países, os 800 milhões de dólares que serão gerados por essa compra do petróleo venezuelano por parte do Irã, ficarão no próprio país, depositados em um fundo acordado entre os dois países, só sendo utilizado mais tarde, pela Venezuela, na compra de maquinas e tecnologia. Tudo isto, gerando uma atmosfera mágica entre dois países de tão diferentes culturas, costumes e tradições. Mesmo sendo um acordo estranho, eles certamente analisaram o Custo Benefício e chegaram a conclusão que pode ser um bom Negócio de Futuro.

Quais Serão os Objetivos?

Enquanto Empresas Pequenas Investem e Contratam, depois de um grande Impacto da Crise no Emprego, outros países só querem se beneficiar. O importante é que tudo isto é possível, mas ninguém desconhece as intenções do governo do Irã, de fabricar artefatos militares nucleares, e que o Presidente Hugo Chaves vem demonstrando intenções de rearmar militarmente o seu país. São apenas pontos de vista, pois cada país é soberano para tomar os rumos que desejar, mesmo que não sejam democráticos.

Conflitos

Conflitos

Os fatos parecem deixar bastante claro que os objetivos desses dois países, não estão direcionados ao desenvolvimento de suas Economias. Por isso, o que nos resta é esperar que dessa simples negociação de petróleo entre essas duas nações livres e soberanas, sirva para o engrandecimento e o desenvolvimento de ambos, e que principalmente, o Irã aproveite os benefícios desse negócio, para desenvolver tecnologia para o refino do seu petróleo. Mas ao que tudo indica, o Irã arrumou foi a namorada perfeita na América do Sul.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *