O Que É Uma Carteira De Crédito?

Quase todo mundo nos dias de hoje escuta a palavra crédito várias vezes por dia, não é mesmo? Principalmente a expressão “pode passar no crédito”, isso porque uma das maneiras de compra e venda mais usadas por pessoas no mundo todo atualmente são os famosos cartões de créditos, que são os responsáveis por grande parte da circulação financeira que existe na atualidade, hoje é muito comum que pelo menos uma pessoa em cada família tenha o seu próprio cartão de crédito.

É claro que muitas pessoas ainda não aderiram a esse hábito, mas temos que admitir que esse tipo de cartão já revolucionou o mercado em que vivemos, onde não é necessário que um cliente venha a ter dinheiro no momento da compra, mas sim que ele tenha um crédito no mercado, que o faz ser elegível a ter um cartão de crédito e consequentemente a usá-lo. O crédito de uma pessoa no mercado hoje diz mais sobre ela do que qualquer outro meio, esse credito é medido pelas compras que uma pessoa faz, pela renda que ela tem e principalmente pela sua capacidade de arcar com as suas dívidas antes do prazo máximo determinado.

Há inclusive instituições que se responsabilizam exclusivamente de avaliar o cliente e de avaliar o nível indicado de crédito que ele pode receber, instituições como o Serasa por exemplo. No entanto, não somente as pessoas físicas são avaliadas, mas também as pessoas jurídicas, ou seja, as empresas também têm as suas próprias linhas e concessões de crédito, esse conceito é importante de ser mencionado, para que você possa entender por fim, o que é uma carteira de crédito.

Explicando de uma maneira básica e clara, a carteira de crédito é uma espécie de carteira de registro, que armazena as informações de todas as vendas de crédito realizadas pela empresa em questão. No Brasil temos inclusive um regulamento bem definido em relação às compras e vendas em sistema de crédito, esse regulamento por sua vez é definido em artigo do atual Código Civil Brasileiro, mais especificamente a partir do artigo de número 286, portanto, todas as informações em relação as transações e parâmetros legais envolvendo compras e vendas em sistema de crédito são definidas e legalizadas pelo conteúdo dessas páginas.

Uma informação importante, no entanto, em relação as carteiras de crédito, é a permissão que está prevista na lei brasileira quanto a transferência de responsabilidade de recebimento dos valores que são devidos em sistema de crédito, falando de uma maneira mais clara podemos explicar assim, a pessoa que vendeu alguma coisa através do crédito, ela deverá receber o valor pelo seu produto, trabalho, etc, dentro de um prazo pré estabelecido, o ponto é que se essa pessoa (o receptor da quantia, o vendedor) pode transferir a responsabilidade de receber esse valor para uma outra pessoa, um terceiro, dessa forma esse terceiro fica responsável por receber, por cobrar se for necessário e se torna o responsável pela dívida.

Carteira De Crédito

Carteira De Crédito

Esse terceiro é chamado de cessionário pela lei brasileira, ele é quem fica com as responsabilidades legais sobre a dívida de alguém. Esse terceiro ou cessionário pode usar dos meios que desejar para cobrar os valores devidos, inclusive pode usar de meios judiciais ou extrajudiciais, além e que ele também tem o direito de inserir o nome do devedor da quantia em instituições que trabalham pela proteção ao crédito, tal como o já citado Serasa. O devedor não tem autoridade sobre essa mudança das obrigatoriedades legais, mas o nosso Código Civil prevê que ele seja notificado sobre a transação.

Como Acontece a Compra E Venda De Carteira De Créditos E Quais as Vantagens Dessa Negociação?

O mercado de crédito lucrativo, funciona principalmente em torno dos créditos que já estão vencidos, eles também são chamados no mundo financeiro de non performing loans ou NPLs (que pela tradução literal tem o significado de empréstimos vencidos ou empréstimos parados). Esse mercado gira principalmente em torno dos juros, o que acontece é que quando alguém compra um NPL (créditos vencidos), ele automaticamente assume os riscos ligados a essa aquisição, os cessionários são os compradores que assumem os riscos que antes eram dos cedentes ou vendedores.

O ganho se dá através do que é chamado de “técnica especializada em cobranças”, que são métodos criados por cada comprador ou gestor de carteiras de crédito, para lidar com a cobrança dos valores, o objetivo dessas técnicas são a recuperação em valor do crédito em questão, normalmente com um ganho adicional monetário. Aqui vamos citar algumas das mais comuns técnicas de cobrança de crédito adotadas atualmente no mercado, são eles: Valores recuperados, o Agent Workload, o CPC ou Contrato com a Pessoa Certa, o Talk Time, o Best Time to Call ou Melhor Momento de Chamada, o Montante de Valores Recuperados, o Consumo de Mailing e por fim o Tempo de Duração da Chamada.

Agora que vocês já sabem o que é uma carteira de crédito, como ela funciona em relação aos processos de crédito e quais são os métodos mais adotados pelos cessionários, podemos começar a falar sobre quais seriam as vantagens dessa prática para ambos os lados, tanto para quem compra, quanto para quem vende. Para as empresas há algumas vantagens bem claras, principalmente se estamos falando aqui de empresas de porte médio e de porte pequeno, pois essas conseguem conseguir fundos que normalmente não teriam se esperassem para receber dos consumidores, além de que são reduzidos os riscos relacionados a inadimplência, fazendo assim com que a sua empresa se torne mais estável, consequentemente abrindo possibilidades para gerar novas receitas.

Em relação as vantagens para os consumidores, elas são maiores e bem nítidas principalmente para aqueles que são considerados bons consumidores ou pagadores, ou seja, aqueles que pagam as suas contas no dia correto, além disso, os consumidores que ainda não pagaram a dívida, mas que tem interesse em quitá-la o mais breve possível também saem com vantagens, já que também são beneficiados pelo sistema, melhorando o seu crédito e assim sendo possibilitados de fazerem novas compras e até ganharem descontos, todo esse processo estimula o bom pagamento de contas e acaba desestimulando que os consumidores cometam inadimplência. É claro que muita gente não tem a intenção inicial de comprar alguma coisa e não pagar, as vezes o atraso acontece por motivos de força maior, como a perda de um emprego ou alguma crise financeira nos mercados, mas essas pessoas ainda podem procurar alternativas e acordos para quitas suas dívidas.

Compra E Venda De Carteira De Créditos

Compra E Venda De Carteira De Créditos

Em momentos de grande estabilidade financeira e econômica, como se dá no mundo atualmente em decorrência da crise na saúde (a pandemia do corona vírus – COVID 19), há uma grande possibilidade de compra de créditos no mercado, isso porque muitas pessoas estão passando por momentos financeiros difíceis, no mundo todo houve um grande nível de desemprego e principalmente no Brasil, que passa também por uma crise política e uma crise gravíssima econômica, tudo isso é extremamente negativo no ponto de vista humano e social, mas a sociedade capitalista sempre consegue achar brechas para se beneficiar e ter ganhos mesmo nos piores momentos, é exatamente nesse ponto que entram os compradores de créditos, principalmente os créditos vencidos, pois eles podem ganhar muito capital com a cobrança dessas dívidas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *