Benjamin Graham: História e Estratégia de Investimentos

O investidor Benjamin Graham tornou-se conhecido no mercado como o Pai do Investimento em Valor (Value Investing). A estratégia focada em longo prazo se mostrou bastante eficiente e passou a ser copiada por muitos investidores de primeira viagem.

Graham é um dos maiores investidores de todos os tempos e pode ser tomado como exemplo por aqueles que desejam adotar uma postura de investimentos mais seguros e rentáveis em médio e longo prazo. Continue lendo para conhecer mais sobre a história de vida de Graham e a estratégia que o tornou bilionário.

A História de Benjamin Graham

O nome de batismo do investidor é Benjamin Grossbaum, ele nasceu em Londres, Inglaterra, no dia 09 de maio de 1894. Mudou-se para Nova York com a família com apenas um ano de idade. A família do investidor precisou mudar seu sobrenome durante a Primeira Guerra Mundial por ser de origem judaica, era uma forma de fugir da perseguição alemã.

Durante a juventude passou por momentos bem difíceis com a família após o falecimento de seu pai. As dificuldades advindas desse momento de escassez tornarem-se uma motivação para que ele se dedicasse aos estudos. Quando tinha apenas 20 anos de idade já estava formado pela Universidade de Columbia.

Wall Street

Graham se formou com notas excelentes algo que lhe abriu oportunidades de lecionar matemática, português e inglês, no entanto, ele recusou os convites para tentar a sorte em Wall Street. A primeira colocação que conseguiu foi como estagiário, um tipo de faz-tudo, na companhia Newburger, Henderson and Loeb.

No início ele recebia um salário baixo de apenas US$ 12 dólares por semana, no entanto, cresceu rapidamente na estrutura corporativa chegando a ser sócio em apenas seis anos. Em 1926 ele saiu dessa primeira empresa para fundar o seu próprio empreendimento junto com Jerry Newman, a Graham-Newman. Dois anos depois ele começou a lecionar sobre investimentos em Columbia.

Wall Street

Wall Street

Security Analysis

Nesse período Graham conheceu David Dodd que se tornaria o seu parceiro num dos seus livros de maior sucesso, “Security Analysis” lançado no ano de 1934. Alguns anos mais tarde, em 1949, ele escreveu outro livro de grande relevância intitulado “The Intelligent Investor”.

Esses livros são até hoje a base para muitos investidores por terem apresentado uma visão até então nova para o mercado, o investimento em valor com análise de risco. Essa visão vinha de encontro com o tipo de investimento que era feito no mercado nessa época.

Warren Buffett

Benjamin Graham é um dos maiores investidores da história e deu aula para outro nome de grande destaque nesse segmento, Warren Buffett. O aluno se tornou um discípulo do estilo de investimento de Graham tornando-se muito bem-sucedido, inclusive aperfeiçoou algumas das técnicas.

Como Benjamin Graham Ficou Rico?

Graham é visto como uma inspiração por muitos investidores por ter feito fortuna com as suas operações. Contudo, nem sempre as coisas deram certo para o investidor que se manteve persistente. Já no começo de sua atuação nesse mercado ele enfrentou a crise de 1929 e perdeu praticamente tudo que havia investido. As dificuldades ensinaram importantes lições que Graham tratou de aplicar em sua vida.

Foi dessa fase complicada que ele tirou a estratégia de comprar ações com desconto em relação ao valor real da companhia. Quando tinha somente 25 anos de idade já contava com um retorno anual perto de US$ 500 mil dólares. A parceria com Newman também ofereceu retornos impressionantes, numa década o preço das ações saltaram de US$ 99 dólares para US$ 245 dólares para cada ação.

A média de retorno anual foi de 17,6% comparando com o de 10,1% para o índice da Standard Statistics Poor’s Index e 10% do Dow Jones Industrial Average considerando o mesmo período. Em 1958 a Graham-Newman foi liquidada oferecendo de retorno de US$ 840,62 por ação para os investidores.

Isso representou um retorno de 750% em três décadas. Para se ter uma ideia da real eficiência da estratégia de investimento de Benjamin Graham ele passou 20 anos seguidos ao menos 2,5 pontos a frente do índice de Standard & Poor’s 500.

Onde Benjamin Graham Investia?

Investimento

Investimento

Graham usava critérios desenvolvidos de acordo com a análise fundamentalista para definir onde iria investir. Basicamente ele percebeu que ações de boas companhias continuariam a crescer e se manteriam gerando lucro em longo prazo. De acordo com os parâmetros usados por Graham as melhores empresas em que investir eram:

– Líderes de seus mercados;

– Independentes financeiramente;

– Ofereceriam dividendos constantes;

– Manteriam lucro crescente;

– Apresentariam índice Preço-Lucro (P/L) moderado.

A Estratégia de Investimentos de Benjamin Grahan

Benjamin Graham desenvolveu diversas estratégias de investimentos, muitas delas usadas até os dias de hoje com grande sucesso. Os seus conceitos mais assertivos tem como base a análise fundamentalista e o investimento em valor. Para acertar na escolha das empresas em que ia investir Graham entendia que investimento era como ter um negócio. É importante que o empreendimento tenha algumas características para que tenha chances reais de sucesso.

As teorias de Graham têm como base alguns conceitos como a diferença entre preço e valor. O preço é o que se paga quando um ativo é adquirido, por sua vez o valor é aquilo que se ganha. Logo as melhores oportunidades são aquelas em que as ações de boas empresas do mercado estão com seu preço abaixo do valor do mercado. A compra dessas ações tem grande potencial para gerar lucro seja pelo aumento do valor dos papéis ou pela sua geração de dividendos.

Principais Conceitos da Estratégia de Benjamin Graham

Abaixo apresentaremos os três principais conceitos da estratégia de investimento de Benjamin Graham.

– Obtenha Lucros Com a Volatilidade do Mercado

Graham acreditava que o investidor inteligente é aquele que aproveita as oscilações do mercado para obter lucro. Para entender melhor é interessante recorrer a metáfora usada por Graham em seu livro “O Investidor Inteligente”, nessa obra ele descreve o mercado como sendo um sujeito chamado Sr. Mercado que todos os dias bate a sua porta oferecendo a compra e a venda de ações, mas com um preço diferente a cada vez. Ninguém é obrigado a comprar ou vender se não achar boa a proposta, pois o Sr. Mercado irá passar de novo e de novo.

– Tenha Uma Margem de Segurança

O mercado é volátil como pudemos entender acima e saber tirar proveito disso é o segredo para ser bem-sucedido, contudo, é fundamental ter uma margem de segurança. Ao identificar a existência de ações mais em conta o investidor deve analisar quais são as chances de aumento de valor e retorno que essas ações oferecem, isto é, qual é a margem de segurança que elas têm.

– Autoconhecimento

O investidor ativo deve investir parte do seu tempo a identificar as suas características e o quanto elas podem trazer retorno no mercado tal qual ele está configurado.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a história de Benjamin Graham? Curta e compartilhe!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *