Como Usar o RSI

Como Usar o RSI

O RSI, ou relative strength index, quer dizer, índice de força relativa é um tipo de indicador que os analistas usam muito na análise técnica. Talvez seja até o oscilador mais popular.

Quem desenvolveu esse indicador foi J. Welles Wilder Jr. O objetivo era apresentar uma maneira de se medir a força ou o ímpeto de certo instrumento.

Para Wilder, os preços são vistos, geralmente, como elásticos, podendo se movimentar até um determinado ponto de uma média antes de reagir ou retrair. Quando ocorre um avanço mais rápido no preço, temos uma situação de sobrepreço, ou também chamada de overbought. Já a rápida queda dos preços sinaliza uma situação de sobpreço, ou oversold.

O indicador RSI encontra-se em uma escala de 1 a 100, em que qualquer um ponto acima de 70 indica um overbough, e qualquer ponto que esteja abaixo de 30 indica um oversold.

Como Calcular o RSI? 

Para calcular o indicador, é preciso comparar a performance atual de certo ativo e a sua performance prévia, ou comparando-se os dias de alta desse ativo versus os seus dias de baixa. Segue abaixo a fórmula usada:

RSI = 100 – 100/(1 + RS*), onde

* RS = Média de X dias de alta / Média de X dias de baixa

Usa-se, como padrão, a quantidade de 14 períodos. O uso de mais períodos fornece dados mais precisos. É comum também usar 9 e 28 períodos.

RSI Oversold

RSI Oversold

Aprenda a Usar o RSI 

Quando o RSI está acima de 70, ele é considerado um overboughtIsso quer dizer que ele indica um sinal de venda do ativo a partir daquele momento. Já o RIS abaixo de 30 indica um oversold,indicando que é hora de comprar o ativo. Alguns investidores mais experientes aguardam até que o RSI entre novamente para dentro das faixas para entrarem na operação.

A sugestão do criador do indicador era que os traders aguardassem falhas de swing para que, somente depois, entrassem na operação. Um exemplo de falha quando sinaliza uma venda acontece quando o indicador chegar acima de 70, começa a descer novamente, tenta subir mais uma vez, mas perde força e não consegue. Nesse momento, ele irá forma um topo mais baixo. 

Da mesma forma, um exemplo de falha na hora de sinalizar uma compra é quando o indicador chega abaixo de 30, começa a subir, depois desce novamente, e perde força, não conseguindo ultrapassar o nível anterior. Nesse momento, ele forma um fundo mais alto.

Os traders mais experientes costumam usar mais de um indicador para tomarem uma decisão. Em geral, eles aguardam até que todos estejam indicando a mesma direção do preço para entrarem na operação.

No entanto, também é preciso tomar cuidado com a quantidade de indicadores usar, pois o excesso também não é indicado, pois gera muita dúvida e confusão, principalmente para quem é iniciante no mercado.

O ideal é testar alguns indicadores e escolher uns dois com os quais teve mais facilidade de operar.

Também é importante frisar que não existe um indicador perfeito, 100% preciso. Eles são usados apenas como uma ferramenta de auxílio para a leitura do mercado. E também para confirmar os sinais para entrar e sair do mercado.

Vale ressaltar ainda que o mercado é imprevisível. Ele pode mudar de posição a qualquer momento, conforme os fatores determinantes do preço vão mudando.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mercado

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *