Economia da Arábia Saudita: PIB, IDH e Negócios

A Arábia Saudita

A Arábia Saudita – de nome oficial Reino da Arábia Saudita – é o maior país árabe que da Ásia e da Península Arábica no que diz respeito a extensão territorial, já que o país conta com aproximadamente dois milhões e cento e cinquenta mil quilômetros quadrados de território. A Arábia Saudita faz fronteiras com países como a Jordânia, o Iraque, o Kuwait, o Catar, Barém, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Omã e com o mar vermelho e com o golfo pérsico.

A população estimada da Arábia Saudita é distribuída entre cerca de dezesseis milhões de nativos, dois milhões de imigrantes ilegais e nove milhões de estrangeiros que foram expatriados. As principais cidades do país são a capital Riade, Jidá que possui o principal porto e as cidades sagradas para a religião islâmica que são Meca e Medina.

O sistema político e governamental que a Arábia Saudita adota é o de uma Monarquia Absolutista Teocrática, ou seja, existe um poder centralizado nas mãos de um rei e as decisões e ações politicas são sempre baseados em alguma norma religiosa, seja de maneira direta ou indireta. Assim sendo, o governo saudita é considerado pertencente a religião do islamismo, mas ainda assim sendo fortemente influenciado pelo uaabismo, que é um movimento pertencente também ao islamismo sunita, que tem características bastante conservadoras e extremistas.

A respeito da economia saudita, que é o foco do artigo de hoje, ela é considerada pelo Banco Mundial uma economia de alta renda, estando assim em décimo nono lugar na lista de maiores Produto Interno Bruto (PIB) do mundo. Isso é reflexo de importantes fatores do país, como o fato de lá estar presente a segunda maior reserva de petróleo do mundo, bem como a sexta maior reserva de gás natural. Isso tudo faz com que o país seja o maior exportador de petróleo, o que confere um imenso poder ao país.

Além disso, a Arábia Saudita é classificada como uma potência regional, que é a denominação de quando um país tem poder e influência sobre sua região geográfica. O país também mantem sua hegemonia regional na península na qual está localizada, ou seja, ela é de fato uma nação extremamente poderosa.

Por todos esses fatores a Arábia Saudita é um país que faz parte de importante órgãos e instituições, como é o caso da Organização da Conferência Islâmica, do Conselho de Cooperação dos Estados Árabes do Golfo Pérsico, da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e do G20, que é um grupo que reúne os chefes de bancos centrais e / ou os ministros dos dezenove países com melhor economia do mundo, juntamente com a União Europeia.

Bandeira da Arábia Saudita

Bandeira da Arábia Saudita

Como já foi possível perceber, a economia saudita é predominantemente ancorada na indústria petroleira, que é a responsável por aproximadamente noventa e cinco por cento das exportações realizadas no país e também por cerca de setenta por cento das receitas do governo, o que é um número extremamente considerável. Porém, ainda nesse cenário, a parte da economia da Arábia Saudita que é independente do petróleo tem crescido cada vez mais.

A Economia da Arábia Saudita

Como já foi apontado, a economia da Arábia Saudita – que é uma economia planificada, ou seja, a produção é toda organizada e planejada de modo racional por profissionais e todos os meios de produção são pertencentes ao governo – se baseia principalmente no petróleo. A indústria que lida com esse componente compõe aproximadamente quarenta e cinco por cento do PIB nominal do país, e para sempre tentar se manter estável  a Arábia Saudita conta ainda com uma reserva oficial de petróleo, que acaba correspondendo a cerca de um quinto de todas as reservas que se tem conhecimento no mundo, ou seja, é uma quantidade muito grande.

O governo saudita tem cada vez mais tentado incentivar e promover o crescimento das empresas privadas no país, tudo isso por meio da privatização de alguns ramos de trabalho, como a de geração de energia e das telecomunicações. As áreas ligadas a agricultura não são muito incentivadas pelo governo, já que no país existem alguns problemas relacionados a escassez da água e também ao crescimento rápido da população.

Ainda que conte com uma economia extremamente positiva, a Arábia Saudita não está livre de passar por problemas ligados a questões socioeconômicas, sendo que já foram feitas pesquisas públicas para levantar as principais preocupações da população e o que mais foi citado foi o índice de desemprego, que no ano de 2010 ficava em torno de dez por cento, juntamente com o extremismo religioso que existe no país e também a corrupção em diversas áreas da política. Porém, ao contrário de vários outros locais do mundo, a criminalidade não foi um aspecto pontuado.

O PIB da Arábia Saudita é de cerca de sete bilhões e oitocentos milhões de dólares, enquanto o PIB per capita é de pouco mais de vinte e um dólares. O PIB total do país quando dividido por setores fica distribuído com cinquenta e três por cento ligados a serviços, quarenta e quatro por cento ligados a indústrias e três por cento ligada a agricultura.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mercado

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *