Como Investir Com 100 Reais Por Mês?

Mundo Financeiro

O mundo financeiro, o mundo da matemática financeira, que inclui o trabalho em bolsas de valores e agencias de consultorias financeiras tem crescido muito nos últimos anos, isso porque as pessoas em geral estão tendo uma maior facilidade de acesso à um conteúdo, o qual antes era muito restrito a uma pequena parcela da população, uma parcela que não costumava dividir ou compartilhar o seu conhecimento em grande escala.

Com o advento da internet e das redes sociais, as coisas no mundo financeiro foram pouco a pouco mudando e se adequando a nova realidade em que vivemos, hoje é possível fazer cursos acerca do assunto, sem ao menos precisar sair de casa, essa facilidade democratizou muito a informação e o conhecimento. É claro que para uma pessoa realmente viver encarando o mundo financeiro como uma profissão, ela precisa estudar muito tempo e mais do que isso, ela precisa ter experiência, uma experiência que somente colocar a mão na massa realmente pode dar.

Mundo Financeiro

Mundo Financeiro

Os estudos não param, as mudanças e aprendizados são constantes e por esse motivo é indispensável estar sempre se atualizando e se informando sobre o que está acontecendo no mundo a cada momento, lembre-se essa área de atuação é bem dinâmica e por isso, o acesso a informações e as mudanças que acontecem a nossa volta também devem ser em nível diário, a atualização faz toda a diferença para atuar com investimentos, você deve ter todas as informações antes de dar qualquer passo ou fazer qualquer movimentação, uma vez que estamos falando aqui de dinheiro, é uma relação de ganhar ou perder.

Por muito tempo, principalmente no nosso país, quem tinha condições de fazer investimentos eram as pessoas da classe alta, que são os milionários e bilionários, normalmente a classe média e baixa no Brasil nunca teve um grande poder de investidor, devemos lembrar que a classe média, assim como a classe baixa, também é qualificada como a classe trabalhadora, uma vez que as pessoas dessas classes não são donos dos meios de produção.

No entanto, nos últimos 15 anos muitas coisas mudaram e uma sociedade que por muito tempo foi extremamente elitista, teve que aos poucos abrir espaço para a acensão das diferentes classes, o que também foi possibilitado pelo acesso aos meios de informação, com isso pessoas das diferentes classes sociais, mesmo as que não tinham acesso a cursos que custavam milhares de reais puderam aprender e aos poucos ir se colocando no mercado financeiro, isso também aconteceu especificamente no mercado de investimentos.

Os investimentos de menor passaram a ser mais comuns e mais divulgados pela população, provavelmente a pouco mais de 20 anos atrás, os jovens adultos em sua grande maioria não sabiam como fazer investimentos e nem sabiam que existia essa possibilidade para quem tem um pouco capital financeiro para investir, mas hoje graças a informação, as redes sociais e à internet é possível saber que existe sim essa possibilidade e muito mais, e que esses investimentos podem ser feitos por qualquer pessoa, sem que seja preciso ter uma quantia enorme de dinheiro.

Como Investir Com 100 Reais Por Mês?

100 Reais

100 Reais

Muita gente ainda tem aquela crença antiga de que não seria possível investir com 100 reais por mês, mas saiba que você pode conseguir sim e se seu dinheiro for bem aplicado e administrado, esse pode ser o começo de um bom retorno financeiro. Devemos sempre lembrar que no país em que vivemos, com a situação em que vivemos, é um verdadeiro privilégio uma pessoa conseguir ter 100 reais para investir, ainda que pareça uma quantia pequena para você, para a maior parte dos brasileiros 100 reais não é pouco dinheiro.

O que acontece é que temos que ser realistas e entender que os investimentos ainda hoje deixam muitas pessoas de fora, já que muitas famílias brasileiras, ao final do mês não possuem 100 reais “sobrando” para que possam aplicar pensando no futuro, na verdade o que se vê é exatamente o contrário, muitas pessoas que quando chega no fim do mês o dinheiro já acabou, mas as contas não.

Você não precisa guardar tudo de uma vez, ainda que você guarda um valor menor do que 100 reais a cada mês, um dia você chega lá, não desista. Se no seu caso, você já conseguiu guardar 100 reais com o objetivo de investir, vamos dar algumas dicas aqui, de como empregar corretamente o seu dinheiro.

O mais conhecido de todos os métodos de investimento provavelmente é a poupança, que é segura, que rende juros todos os meses, que não tem um valor mínimo de investimento e além disso, ela não entra no cálculo do Imposto de renda. As desvantagens da poupança nos dias atuais, é que ela está rendendo muito pouco, a alguns anos atrás ela trazia um bom rendimento ao final do período de um ano.

O que se viu, no entanto, nos últimos dois anos e em especial no último ano, foram os valores do seu rendimento cair a níveis muito baixos, por volta de 3,5% ao ano, considerando mês a mês esse valor não chega nem a 0,5% de rendimento, é pouco, mas como já mencionamos a poupança tem suas vantagens, cabe a você pesar os pros e os contras.

Outro tipo de investimento existente que é muito comum, mas ainda desconhecido de grande parte da população são os títulos públicos do tesouro direto e eles podem ser divididos em 3 tipos diferentes, são eles os papeis Selic, o prefixado e o IPCA, os investimentos nesses títulos podem ser menores do que 100 reais inicialmente. Vale lembrar que para colocar dinheiro nos títulos do tesouro você vai precisar do seu número de CPF e de uma agencia de consultoria financeira, pois apenas as agencias podem fazer os investimentos, você não pode fazer sozinho sem um intermediador da área.

Entre eles o Selic caminha juntamente com a taxa básica de juros, taxa essa estabelecida como juros da economia, a taxa Selic, esse papel segue as variações dessa taxa. O papel ou título prefixado, como seu nome mesmo já sugere ele tem uma rentabilidade fixa e constante, a sua rentabilidade é pre estabelecida no momento da compra, não apresentando variações, O IPCA estabelece a sua rentabilidade de acordo com a taxa de juros em vigência no momento da compra do papel (do título) e também pelos valores de variação do IPCA no período considerado.

Selic

Selic

Outro tipo de aplicação é chamado de fundos de investimento, ou fundos de aplicação, há alguns que requerem um investimento inicial bem alto, no entanto, há opções que giram em torno dos 100 reais iniciais. Esses fundos são formados por vários investidores, o qual cada um, conta com uma cota do fundo, esse fundo de aplicação é gerido por um gestor ou alguns gestores que são especialistas no assunto, são eles que decidem aonde investir e quais são os negócios que poderão trazer mais lucros.

Os tipos de investimentos que podem ser escolhidos nesses fundos de aplicação estão entre os investimentos de renda fixa (títulos públicos ou particulares do tipo renda fixa) e, os investimentos de curto prazo (tempo menor do que um ano, grande liquidez e baixo risco), as ações e os investimentos do tipo multimercados (que consistem em misturar as aplicações, um pouco em cada tipo de investimento).

Outra opção para quem quer começar com 100 reais, são as aplicações do tipo CDB, que significa Certificado de Depósito Bancário, eles são emitidos pelos bancos, os valores de investimentos são variados, mas uma grande parte dos títulos CDB começam em investimentos de mais ou menos 100 reais, esse tipo de investimento funciona como se você estivesse emprestando dinheiro para os bancos e eles te devolvem na data especificada, com o acréscimo de um valor definido como os juros da transação, o que na prática será o seu lucro.

CDB

CDB

Por fim, ainda que você tenha 100 reais e não muitos milhares de reais para investir, você também pode tentar o ramo de ações, que podem ser diretamente ações de empresas, ou investir em algo que é chamado de fundo de ações, que é mais seguro, do que comprar ações de maneira direta, já que isso requer muito conhecimento de mercado e uma pesquisa detalhada sobre a empresa e tudo que envolve o seu funcionamento.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *