Queda Nos Preços

A boa noticia sobre a queda nos preços vem de um levantamento realizado a cerca dos índices que controlam os custos dos produtos no varejo. Os resultados oficiais apontam para uma queda considerável neste setor, especialmente no que diz respeito aos supermercados, afinal eles são os principais responsáveis pelas oscilações dos índices.

Queda Nos Preços

Queda Nos Preços

Índices

O IPV (Índice de Preços no Varejo) foi encerrado no mês de setembro com variações em queda, ou seja, menos 0,10% e neste caso menos são mais, afinal por menor que sejam os índices a tendência a que estamos acostumados é sempre de suba.

Produtos

Produtos

Na prática

São muitos os fatores que envolvem o Equilíbrio Econômico de um orçamento familiar, alguns deles são as contas fixas como tarifa de água e de luz, gastos com telefonia, seja ela fixa ou móvel, para quem não tem sua casa própria as despesas envolvendo o pagamento e Reajuste de Aluguel, pagamento de condomínio costumam pesar muito, despesas com vestuário, educação, transporte, lazer, etc. Muitas destas despesas podem ser controladas através de medidas de reeducação na família, mas no caso das compras de supermercado, ainda que seja possível economizar, sempre é bom quando existe queda nos preços. Realmente os índices são pequenos, e por isso mesmo talvez seja um pouco difícil sentir na pratica os benefícios dessa queda nos preços, mas vale lembrar que esta é a terceira vez que isto ocorre somente durante este ano, portanto realmente se trata de um resultado positivo. Os índices anteriores foram de -0,05% no mês de fevereiro e de -0,17% no mês de agosto. Os produtos mais destacados são os cereais, as aves, o leite e os ovos. Os leites, por exemplo, apresentaram uma queda de 10,40%.

Carro

Carro

Diversos setores

O ramo de veículos é um segmento que também detém um peso importante nos índices, quem já tem carro ou adquiriu o seu recentemente pôde perceber os benefícios, especialmente pelo fato da redução do IPI, tão comentada como oportunidade imperdível para uma boa aquisição de veículos, a preços reduzidos. Durante o mês de outubro estão previstos reajustes neste setor, uma vez que acabou o prazo de vigência da redução do IPI. Os principais setores que ficaram de fora da queda de preços são o segmento de tecidos, vestuário, o departamento de vendas de calçados, perfumarias e drogarias, aliás, a Indústria Farmacêutica no Brasil é um setor que normalmente onera os índices, pois tem reajustes importantes. A queda nos preços de alguns itens deve ser comemorada, afinal a economia em tempos de crise mundial é preciso ser um Empreendedor Individual e dessa forma fazer com que seu orçamento se adapte as reais necessidades, aproveitando todo e qualquer benefício que venha surgir, por menor que ele possa lhe parecer. São bons indícios com relação à economia do nosso país.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Medidas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *