O Que É Uma Carteira Fundamentalista?

Mercado Financeiro: O Que É Uma Análise Fundamentalista?

O primeiro passo para entender o que é de fato uma carteira fundamentalista é entender como acontece e como se faz uma análise fundamentalista. Se você ainda está aprendendo mais sobre o mundo financeiro não se preocupe porque agora vamos explicar um pouco melhor sobre esses termos e como funciona esse tipo de análise. É muito importante dizer para quem está começando no mundo financeiro que basicamente há dois tipos de análises que podem ser feitas sobre os movimentos nesse mercado, há a categoria de análise técnica das ações e a categoria de análise fundamentalista das ações, como já mencionado aqui vamos focar no segundo tipo, que é a fundamentalista.

Mercado Financeiro

Mercado Financeiro

No entanto, é importante lembrar que quem deseja se aprofundar no assunto, o mais indicado é realmente fazer cursos sobre o mercado financeiro e investimento, há muitos bons materiais gratuitos de aprendizado, mas lembre-se que para se manter e ter sucesso nesse mercado é necessário muito estudo prévio e um bom acompanhamento de estudo contínuo, porque é um mercado muito dinâmico que pode mudar muito de uma hora para a outra, por isso um de seus fundamentos é sempre estar aprendendo. Quanto aos cursos, hoje são oferecidos uma grande gama de cursos online, apenas indicamos que você pesquise bem antes de comprar, para ter certeza que o produto é de qualidade e que os professores são profissionais estabelecidos e reconhecidos no meio, para estar seguro de que não se trata de nenhum esquema.

A análise fundamentalista pode ser definida como sendo a análise de ações e de mercado que vai além de valores, números e cifras, ela é um tipo de análise com maior profundidade, uma vez que considera outros aspectos, além dos aspectos financeiros e do mundo dos números e valores, ela que entender porque alguma empresa ou ação tem o valor que tem, o que levou ela a dar lucro ou prejuízos, quais são os interferentes sobre o seu desempenho, além de fazer análises também de aspectos futuros, estudando e prevendo possíveis variações no valor das ações, considerando as estabilidades e instabilidades do mercado e avaliando as previsões de cenários futuros.

Para sermos mais claros, podemos dizer que a análise fundamentalista considera a saúde de um negócio como um todo, mas não só de um negócio, esse tipo de análise pode também analisar o próprio mercado, trabalhando com esquemas de previsão, esse tipo de análise tem como um de seus principais objetivos se antecipar quanto ao que pode acontecer no mercado ou dentro de uma empresa, ou seja, ela quer saber o que pode vir a acontecer para potencializar resultados ou antecipadamente promover uma mitigação de impactos no caso de previsões negativas e pode ser realizada para qualquer tipo de instituição financeira considerada.

A análise fundamentalista leva em conta muito mais fatores do que apenas avaliar e prever preços, variações e flutuações de ações, por esse motivo ela é mais completa e muito mais informativa. É claro que assim como todo modelo, a análise fundamentalista também está sujeita a erros, mas devido aos inúmeros fatores considerados para avaliação, a sua probabilidade de erros é muito menor, sendo assim o desvio padrão de acertos também é diminuído e sua confiabilidade é maior do que outras análises realizadas.

É importante lembrar que há algumas questões essenciais para a realização de previsões, que a análise fundamentalista deve responder, algumas dessas questões são por exemplo, se a empresa está sendo lucrativa? Se a receita da empresa está crescendo, não somente no último ano analisado, mas em um período significativo que também permita avaliar a estabilidade da empresa, principalmente em momentos de crise, outra pergunta é o quanto a empresa é sólida no mercado em relação aos seus concorrentes e também se ela é forte suficiente para vencê-los inclusive em um mercado futuro e cheio de imprevisibilidades, além dessas questões uma das perguntas mais importantes a serem respondidas nesse tipo de análise é se a empresa analisada tem plena capacidade de honrar e quitar as suas dívidas, principalmente as dividas fixas e recorrentes, que dizem respeito principalmente à matéria prima e mão de obra direta.

Análise Fundamentalista

Análise Fundamentalista

Além de todas as questões abordadas acima, que são muito importantes dentro da análise, há uma outra que é o ponto inicial e final de tudo, é uma pergunta que deve ser feita no início de uma análise, ao mesmo tempo que o corpo dessa análise lhe ofereça dados e informações suficientes para que a questão seja respondida da maneira mais correta possível ao final, ela é “As ações da empresa que estou analisando são de fato um bom investimento para mim?”, em torno desse questionamento vai girar todo o trabalho e todas as perguntas anteriores serão uma base sólida para responde-la ao final.

Carteira Fundamentalista

Todos os conceitos apresentados acima sobre uma análise fundamentalista são essenciais para a criação de uma carteira desse tipo, por isso eles são essenciais para que possamos falar sobre a carteira fundamentalista, mas o que de fato é isso?  Pois vamos as respostas, uma carteira fundamentalista é uma carteira no mercado financeiro, no mercado de ações, que é composta a partir das análises profundas fundamentalistas explicadas acima, as empresas e ações escolhidas para as compor são medidas inteiramente por um time especializado nesse tipo de pesquisa e análise, que leva em consideração, todo tipo de atividade desta companhia, as suas oscilações e todas as outras informações e fatores que o time achar necessário, se as ações de uma empresa se mostrarem interessantes após essa análise, elas então são adquiridas e passam a fazer parte da carteira de um investidor, que no caso é chamada de carteira fundamentalista.

Cada consultoria ou empresa financeira pode trabalhar de uma maneira diferente e com diferentes tipos de empresa e ações, no entanto, é interessante para um investidor que ele possa variar o seu tipo de investimento, principalmente em relação ao setor o qual adquire ações, isso porque ele não fica dependente apenas de uma esfera do mercado, pelo contrário à sua carteira passa a ser mais diversificada e atualizada, assim os seus ricos são bem menores e o seu potencial de ganho é muito maior. Os seus riscos automaticamente passam a serem menores porque ele não fica dependente apenas de um setor financeiro, vamos explicar melhor com um exemplo abaixo.

Se por acaso algum investidor compõe uma carteira fundamentalista apenas no ramo alimentício, mais especificamente no ramo da agricultura em empresas que vendem frutas, se por algum motivo o setor tiver perdas e prejuízos, os seus rendimentos de todos os investimentos estarão em um período de quedas e de baixos lucros, mas se as suas ações são aplicadas em investimentos diversificados, algumas no setor de alimentos, algumas no setor de cosméticos e outras no setor automobilístico, é mais difícil que possíveis variações de mercado possam afetar esse investidor de uma maneira mais intensa, até porque a própria carteira fundamentalista já faz previsão de possíveis preços de ações e de variações no mercado futuro, o que lhe dá uma previsão do que pode vir a acontecer com as suas ações, sendo assim, o seu risco com esse tipo de análise é bem menor e bem menos variado.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *