Elevadas Taxas de Inflação e os Efeitos na Economia!

Depois da virada deste século a inflação foi finalmente controlada qualitativamente, onde os preços sobem e por vezes descem. O plano real de fato deu certo de um lado, mas abriu brechas em outros, como nos elevados juros que empacam o desenvolvimento da economia nacional. Conheça os efeitos causados por altas taxas de inflação.

Efeitos da Alta Inflação

A maioria dos especialistas concorda o que legítimo prejudicado com a inflação é o assalariado que vive exclusivamente de rendimentos fixos, como os próprios salários. Na prática, a maioria da população ativa no Brasil. Isso ocorre porque os grandes industriais ou empresários conseguem repassar o grande aumento de custos no preço final, de certa forma garantindo a parcela do produto nacional – uma forma já conhecida é o aumento de preços. Com inflação, tudo aumenta menos a produção e a receita da nação.

Inflação

O Balanço de pagamentos também é afetado drasticamente com os movimentos inflacionários. Com o preço dos produtos nacionais encarecidos, a população busca comprar bens internacionais, colocando e exportação em detrimento da importação, subtraindo ainda mais o saldo da Balança Comercial.

Uma tática bastante usada pelo governo para conter este movimento é a desvalorização da moeda nacional, o que de fato acaba estimulando mais exportação uma vez que o dinheiro estrangeiro fica mais caro, aumentando a perspectiva para o consumo interno de bens produzidos por empresas nacionais.

Na prática, o movimento dos índices de preços (inflação) é a grande justificativa para que o Banco Central mantenha os juros reais brasileiros elevados, sem dúvida, um dos maiores do mundo. Atualmente lideramos o ranque mundial com 6,8% de juros reais por ano, seguidos pelo Chile (1,5%) e pela Austrália (1,4%).

Desenvolvimento, Crises e Inflação!

Na há nada de mais temeroso na economia brasileira do que a inflação. No último século tivemos diversos tipos de moedas que foram elaboradas com o intuito de controlar a mesma. Depois de grandes períodos econômicos sempre existe um imenso risco de acontecer algum tipo de crise financeira.

Crise

Um bom exemplo foi o Milagre Econômico dos anos de 1970 que proporcionou riqueza para alguns e pobreza à maioria, já diria a crise econômica e a alta inflação dos anos 1980, considerada por muitos especialistas como a década perdida – comida pelos índices de preços exorbitantes que interromperam qualquer chance de crescimento.

Medidas

A alta inflação engoliu os tributos da população e o país não desenvolveu quase nada. Pelo contrário, pois somente a fome, a violência, o desemprego e os preços aumentaram.

Plano Real e o Controle da Inflação

Depois de diversas moedas inventadas para tentar controlar a alta inflação gerada, prejudicadora de todos os campos econômicos realmente positivos para o país, o plano Real foi o que mais deu certo e persiste até então como a principal dinheiro em circulação no Brasil. De fato, a organização do FHC e a execução do Lula fizerem desta uma das moedas mais fortes que o país já teve. Real, sucesso nacional!

Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Inflação

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *