Os Vários Aspectos da Sustentabilidade Econômica

A Sustentabilidade Econômica é a maneira de garantir que as organizações estão sendo construídas para durar e que são capazes de funcionar de forma eficiente por um longo período de tempo. Se traduz na capacidade de trabalhar com empresários e equipes de executivos para maximizar as oportunidades de receita através de uma ampla gama de indústrias de maneira a minimizar os prejuízos com a exploração do meio ambiente.

O objetivo da sustentabilidade econômica de uma comunidade é estabelecer que as economias locais sejam economicamente viáveis, ambientalmente saudáveis e socialmente responsáveis. Alcançar essa meta exige a participação de todos os setores da comunidade, tanto para determinar as necessidades da comunidade envolvida no projeto como também identificar e implementar soluções inovadoras e adequadas para que o objetivo seja alcançado com o menor prejuízo possível ao meio ambiente.

Nosso artigo irá apresentar informações de uma variedade de fontes, sobre abordagens e técnicas utilizadas com sucesso em diferentes comunidades para desenvolver aspectos fundamentais das suas economias locais de uma maneira bastante sustentável, de maneira a esclarecer e montar uma imagem de sustentabilidade econômica não só nas bases a programar, mas também nos movimentos econômicos já praticados atualmente.

Sistemas Sustentáveis de Agricultura e de Alimentação

Os esforços da comunidade podem preservar terras agrícolas, incentivar práticas agrícolas sustentáveis, apoiar os produtores locais de alimentos e facilitar a produção e também a distribuição de alimentos produzidos nas imediações, através de mercados de agricultores e programas de compra de alimentos em forma de cooperativas.

A Pesca Sustentável

A fauna aquática desempenha um papel importante na saudável manutenção do sistema marinho e também dos ecossistemas presentes na água doce. Por isso, é importante que as comunidades associadas com a pesca e com os ecossistemas aquáticos sejam responsáveis em gerenciar os recursos acima mencionados. A participação da comunidade pode fornecer suporte para boas práticas de gestão e também para o desenvolvimento de programas de correção, bem como para pessoas e indústrias que praticam a pesca comercial e recreativa.

As Florestas e o Fabrico de Produtos de Madeira

As árvores são importantes tanto para os ecossistemas urbanos e rurais. As árvores maduras são fundamentais no papel de manter o que é chamado de microclima desejável, assim como fornecer abrigo à vida selvagem de maneira adequada. As árvores também têm valor econômico como matéria-prima utilizada na produção de papel, na construção civil, e é claro, na fabricação de móveis e outros produtos confeccionados em madeira. As comunidades envolvidas têm que apresentar soluções para equilibrar essas considerações ambientais e econômicas.

Fabricação e Produção Industrial

Empresas e indústrias economicamente saudáveis realizam suas atividades com o mínimo impacto ambiental sobre as comunidades que estão ligadas e por isso essas práticas devem sempre ser incentivadas. As comunidades devem trabalhar para atrair e apoiar essas indústrias com a clara intenção em reduzir ou eliminar os impactos negativos realizados pelas indústrias nas práticas já existentes.

Pequenas Empresas

As pequenas empresas são fontes de emprego e prestadores de bens e serviços que sustentam a economia local. Sua operação deve apoiar a ecologia local, minimizar o uso de energia e resíduos, e utilizar produtos e materiais reciclados.

Tecnologia

Os avanços tecnológicos nos negócios, na saúde, na educação e no meio ambiente proporcionam novas oportunidades para as comunidades. No entanto é importante observar que, quanto mais avançamos na tecnologia para facilitar nossas vidas, mais implicações ambientais podem resultar desse avanço. O melhor procedimento para o desenvolvimento da economia sustentável é estar atento e sempre pensar primeiro nos impactos ambientais que nossas práticas podem proporcionar, e depois de estudados e minimizados, que sejam aplicadas as medidas necessárias para o desenvolvimento da economia.

Economia e Finanças

Os moradores de todos os cantos de uma comunidade podem desempenhar um importante papel no futuro da sua economia local. Isso vai ser resultado do trabalho em conjunto dos negócios com os líderes do governo, as organizações sem fins lucrativos, e os grupos de cidadãos envolvidos e que possam analisar as necessidades e os recursos naturais para orientar a economia. As instituições financeiras locais podem investir em iniciativas comunitárias economicamente sustentáveis.

Laços Econômicos Rurais e Urbanos

É do interesse dos residentes urbanos e rurais trabalharem juntos, de uma forma que se apoiem mutuamente para conseguir uma economia sustentável. Nesta abordagem, é preciso esforços de cooperação na preservação da terra, do desenvolvimento de práticas de agricultura sustentável, da gestão do crescimento e da exploração dos recursos, do desenvolvimento adequado dos recursos rurais, assim como do desenvolvimento do comércio e do turismo, melhoria e o desenvolvimento de sistemas regionais de planejamento e transporte que propiciem um baixo impacto sobre os recursos naturais ali presentes.

Conceitos

Uma economia local saudável é essencial para uma comunidade sustentável e habitável. Ela irá fornecer os recursos que permitem que os moradores e uma comunidade possam conseguir a prosperidade. A saúde da economia traz emprego e uma base fiscal sólida para apoiar os serviços, levando a estilos de vida mais saudáveis e também a melhores oportunidades de realização pessoal. Com uma economia forte, podemos alcançar um padrão mais elevado de desenvolvimento, prestar mais e melhores serviços, e desfrutar de uma qualidade de vida superior de uma maneira mais ampla.

Uma economia próspera não significa que o nosso meio ambiente e interesses da nossa comunidade sejam negligenciados. Na verdade, a cidade apoia o crescimento e o desenvolvimento que estão bem integrados com as preocupações ambientais e sociais. A cidade também reconhece que uma economia forte pode ser um veículo para toda essa mudança. À luz dos desafios globais, como as alterações climáticas, as práticas econômicas sustentáveis podem ser o catalisador de uma maneira mais verde de se pensar, de se agir e também de se viver.

Na sua essência, a sustentabilidade econômica consiste no encontro das diversas necessidades de uma comunidade, fornecendo através de um conjunto de práticas, o que ela precisa. Deve compreender os melhores e mais amigáveis meios de subsistência e de prestação de serviços. Discorre principalmente sobre como optar em usar melhor os nossos recursos, tendo em conta o modo como essas escolhas vão afetar as futuras gerações, através do gerenciamento dos recursos naturais presentes hoje.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Medidas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *