Ações Usiminas

Depois que o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômico) anunciou proibição de a CSN continuar investindo nas ações Usiminas, para controlar a concorrente, começou forte ciclo de queda nos investimentos dos ativos. Governantes tentaram impedir o monopólio acional e acabaram por decretar medida que desencadeou em fortes quedas. Conheça o problema das ações Usiminas.

Acoes

Acoes

 O Que Está Acontecendo Com As Ações Usiminas?

As ações estão apresentando fortes quedas. Em alguns dias dos pregões no mês passado, a Usiminas chegou a ceder quase 8% no mesmo dia, cotada a aproximados R$ 16 na atualidade. O cenário pressiona as ações. Embora muitos críticos apontem a razão das quedas por causa da saída obrigatória da CSN de dentro do conjunto dos ativos, no mercado de ações fica difícil identificar as legítimas razões.

Segurança Da CSN

Acoes Usiminas

Acoes Usiminas

A CSN representa conjunto acionário que chamava mais investimentos de outros ramos de aplicação. Alguns investidores consideravam a presença da Usiminas como suporte necessário para passar legítima confiabilidade. Com a saída da CSN ocorre menos confiança, causando imigração de títulos para outras formas de investimentos, como a poupança, principalmente em consequência da nova regra anunciada por Guido Mantega, sobre rentabilidade de juros que considera o sistema Selic.

Direto Acionário!

A expectativa da atualidade está na decisão da CSN recorrer da decisão. De qualquer maneira, a recorrência não diminui os riscos de vender as ações. Aparentemente o governo ambiciona apertar ainda mais o cerco para não correr o risco de ser dominado no mercado acionário pela concorrente, implicando em provável necessidade de venda acionária.

O cenário fica explícito quando se analisa que o governo determinou total abstenção da empresa nas indicações de membros da diretoria, ou quaisquer outros órgãos relacionados, de forma direta ou indireta. A companhia também está impedia do acesso das informações consideradas concorrenciais, ou seja, aquelas que não são divulgadas no mercado.

Migração De Ordinário Para Preferencial!

Usiminas

Usiminas

Resta apenas a empresa o direito de receber dividendos. A companhia deve pagar cerca de R$ 10 milhões caso descumpra as determinações do Conselho Administrativo de Defesa de Direito Econômico. A avaliação de que os preços das ações já explicitavam futuro de quedas, também está levada em consideração pelos analistas.

Momento Do Crescimento!

Com a realidade do mercado, resta à Usiminas promover planos que estimulem novos investidores. Os administradores da companhia medem esforços para conquistar ativos com rentabilidade em longo prazo, com retorno considerado maior, como nos casos da mineração.

Os resultados trimestrais da Usiminas são considerados decepcionantes. A siderúrgica apontou prejuízo estipulado em quase R$ 37 bilhões. As ações ordinárias estão valendo cerca de R$ 16,93, enquanto que as preferenciais, R$ 10,90, desvalorizações apresentando média de 3% na queda diária em abril.

O fraco desempenho nos bens de capital aliado com a queda nas vendas dos produtos em âmbito siderúrgico, representam os principais fatores do decréscimo.

Por Renato Duarte Plantier

 

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Bolsas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *