Como Usar o Cartão de Crédito a Seu Favor

Para muitas pessoas as palavras cartão de crédito representam uma grande ameaça a vida financeira saudável. No entanto, o dinheiro de plástico não precisa ser necessariamente um vilão. O grande x da questão é saber como usar o cartão a seu favor e evitar que recaiam elevadas taxas sobre o uso desse crédito.

Se você tem dúvidas a respeito de ter ou não um cartão de crédito confira a seguir algumas dicas de como usá-lo de maneira saudável. Saiba que a culpa pelo endividamento gerado pelo cartão de crédito não é do cartão e sim do usuário do mesmo.

Bom-Senso

O grande segredo para usar o cartão de crédito a seu favor é ter bom-senso, ou seja, evitar as atitudes irresponsáveis como deixar a fatura ficar muito alta, pagar apenas o valor mínimo e deixar se acumularem juros muito caros. Quando se utiliza o cartão com o devido planejamento e os limites necessários é possível fazer dele um aliado e não um vilão.

Dicas de Como Usar o Cartão de Crédito a Seu Favor

Nada de Atrasos na Fatura

A primeira e mais importante regra a respeito de como usar o cartão de crédito é jamais atrasar o pagamento da fatura ou então pagar somente o mínimo. Quando você atrasa o pagamento ou então paga somente o mínimo passa a arcar com um juro muito elevado.

Saiba Argumentar

Um dos valores que mais assustam os clientes desse tipo de cartão é a anuidade cobrada do mesmo. Quem tem histórico de bom pagador pode e deve ligar para a operadora de crédito para argumentar e tentar um desconto que pode chegar a até 90%. Você pode dizer, por exemplo, que recebeu outro cartão de graça e que está pensando em cancelar esse que está cobrando anuidade.

Redução de Limite

Grande parte das pessoas que ficam endividadas com o cartão de crédito chegam a essa situação porque tem acesso a um crédito muito maior do que podem pagar. Saiba que o saudável para a sua vida financeira é que os limites de todos os seus cartões sejam de no máximo 50% da sua renda. Se você tem cartões que passam disso peça para a operadora reduzir um pouco o seu limite. Sabemos que quase ninguém faz isso, mas pode ser a única maneira de não perder o controle e sair usando todo o limite que tem disponível.

Não Pague Tudo no Cartão de Crédito

É tentador pagar boa parte das contas e das compras no cartão de crédito, não é mesmo? Pois, saiba que não se deve efetuar o pagamento de serviços controlados ou taxas cobradas pelo governo no cartão. Entram na lista desses serviços água, impostos e luz, pois recaem sobre eles altos juros. Basicamente o que acontece é que a operadora paga na hora já que se não o fizer os serviços podem ser cortados e utilizam juros de cartão para efetuar a cobrança.

Além disso, as pessoas estão cada vez mais acostumadas a pagar a conta da pizzaria do fim de semana, o cinema com os amigos e assim por diante no cartão de crédito. Esse tipo de gasto deve ser pago na hora, pois você só deve fazer aquilo pelo que pode pagar no momento.

Extrato

Tente manter o hábito de dar uma conferida no extrato do seu cartão de crédito toda semana. Confira ainda a sua lista de gastos, especialmente se você concentra boa parte dos seus gastos no plástico. Uma dica é encarar o extrato do cartão como uma lista de gastos em que você pode conferir e avaliar em que está gastando. Observando a conta do cartão toda semana você poderá ter uma ideia de quando é necessário dar uma segurada, ou seja, deixar de gastar já que não terá como pagar no final do mês.

Validade dos Pontos Acumulados no Cartão

Atualmente, todo cartão de crédito tem programas de fidelidade em que o uso do mesmo se converte em pontos que o cliente pode resgatar na forma de produtos e serviços. Informe-se a respeito do manual do seu banco, leia o contrato do cartão, acesse o site do programa e cadastre-se via internet para poder acompanhar quantos pontos já tem e quando pode usá-los para fazer a troca.

Esqueça Cartões de Loja com Bandeiras

Muitas lojas de varejo estão oferecendo cartões com bandeiras de crédito oferecendo para os seus clientes inúmeras vantagens. Porém, saiba que em grande parte dos casos os juros e as anuidades que são cobradas acabam anulando as promoções. Tem ainda outra armadilha que é ter que pagar a fatura na própria loja.

Assim toda vez que você vai a loja acaba saindo de lá com alguma coisa nova comprada. Outra situação é não conseguir a loja durante a semana para pagar e com o atraso pagar juros. Enfim de qualquer maneira você irá pagar mais.

Não Faz Sentido Acumular Gastos Para Acumular Pontos

O programa de pontos deve ser usado de maneira vantajosa e não como uma desculpa para gastar mais. Sendo assim não faça compras no cartão que você normalmente não faria somente para acumular pontos.

Três Cartões – O Limite

Quem tem muitos cartões de crédito não consegue ter total controle sobre as suas despesas. Os especialistas em finanças alertam que as pessoas devem ter no máximo três cartões de crédito, mais do que isso é uma exagero e uma porta de entrada para as dívidas.

Outra dica é ter apenas um cartão de crédito titular na família, pois assim os cartões dependentes acumularão pontos de maneira comum. Com a concentração dos gastos da família numa única conta de fidelidade será mais fácil e rápido acumular pontos para conquistar os seus objetivos.

Cartões Pré-Pagos

Uma nova solução que surgiu no mercado é o cartão pré-pago, uma maneira muito mais interessante de dar uma mesada para os filhos. Você determina quanto irá dar para o seu filho usar durante o mês e ainda poderá gerar pontos para acumular e trocar por alguma coisa legal para toda a família.

Compras Depois do Fechamento da Fatura

Informe-se sobre a data em que a operadora do cartão fecha a sua fatura. Normalmente o fechamento é feito uns cinco dias antes do vencimento da fatura. Quando você faz uma compra com o seu cartão nesse período tem até 40 dias para pagar.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Crédito

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *