10 Dicas para Economizar no Cartão de Crédito

Nos dias de hoje vale a pena ter cartão de crédito, desde que a pessoa seja organizada ao ponto de não gastar mais do que pode pagar, regra básica que por vezes não é seguida entre parte do público ativo de forma econômica.

Não se pode ignorar o fato de que atrasos em pagar a fatura resultam na incidência de maiores taxas de juros no mercado que pode dobrar a dívida em poucos meses de atrasos. Conheça dez dicas para economizar no cartão de crédito.

A: Dinheiro no Bolso. Dicas para Economizar no Cartão de Crédito

Cartões de créditos são ótimos para parcelar compras, o que em termos prático sempre acarreta espécie de juros. Quando isso acontece e existem condições para pagar no ato, não pense duas vezes em passar o débito para conseguir economia. Para saber o quanto vale o ato econômico pense em quantas horas de trabalho foram poupadas com os valores que não foram gastos. 

B: Cheque e Débito. Economiza com Cartão de Crédito

Especialistas indicam usar com maior frequência não apenas o cartão de débito como também cheques no sentido de não acumular todos os gastos apenas no crédito. Às vezes pode ser mais proveitoso, como datar os cheques em pagamentos a prazo em dias distintos da data de vencimento da fatura, que coincide com a segunda parte do dinheiro que se recebe de forma mensal em grande parte dos sistemas de pagamentos a trabalhadores formais no Brasil.

Também existe o ponto psicológico ao levar em conta que para fazer o gasto se faz necessário pensar duas vezes para saber se existe dinheiro suficiente na conta corrente para cobrir os gastos e não ficar no vermelho (cheque especial). Há maiores chances dos compradores não exagerarem nas compras como faria ao usar o cartão de crédito.

C: Gastou Anotou. Economizar no Cartão de Crédito

Comece ao anotar todos os tipos de gastos que existe na sua vida, desde a compra da bala até as contas básicas (água, luz e gás). Tudo o que for comprado no cartão de crédito também deve virar anotação oficial. Em termos práticos as pessoas podem se assustar com o número de erros cometidos por bancos em cobrar maior valor do que realmente se deve.

D: De Olho nos Juros. Cartão de Crédito

A taxa Selic consiste no valor cobrado de forma básica por bancos. Quando existem problemas nos quais o cartão de crédito prejudica o orçamento de forma direta chegou o momento de ligar ao gerente para começar as negociações. Quem não tem dívidas com a instituição financeira e conta com renda fixa de modo mensal possui maior poder de barganha para debater com o banco a buscar menores valores de cobrança.

Diga que está em busca de novo banco e deseja fechar a conta ao considerar que os valores do juro básico estão altos ao extremo. Como os bancos possuem concorrência entre si existe a tendência dos trabalhadores da instituição financeira encontrarem maneira de continuar com o cliente, nem que seja diminuir a taxa de juros. 

E: Cartão Extra e Novo Serviço do Banco

Quem não pensa em mudar de banco, ou fazer a ameaça, deve perguntar de modo insistente aos gerentes se existe novo plano de cartão que traz menores tipos de cobranças do que as existentes nos dias atuais não apenas por causa de juros como também em consequência das taxas de administração que quando não reclamadas sobem para níveis abusivos.

F: Atrasei Porque Esqueci!

No mundo globalizado as pessoas tem a tendência de estarem envolvidas em diversos tipos de projetos no trabalho e por vezes podem se esquecer de pagar a fatura. Claro que grande parte das pessoas que não pagam o faz com consciência por não ter dinheiro ou estar sem tempo. De qualquer maneira o melhor, ao usar esse tipo de desculpa às vezes os gerentes perdoam os juros, desde que o contato aconteça pouco tempo depois de vencer o dia de pagar a fatura. Bancos desejam manter os clientes 

G: De Olho na Data de Vencimento

Por vezes não tem jeito. Se estiver a pagar sempre em atraso é sinal de que algo de errado acontece no orçamento. Talvez o problema esteja na data do vencimento que acontece antes do dinheiro de salário chegar à conta. Explique ao gerente o caso que o banco faz averiguação percebe que as palavras são verdadeiras. Faça a mudança e tenha a segurança de conseguir pagar no dia exato.

H: Evitar Perecíveis e Pagar com Cartão

Outro tipo de elementos que serve para ajudar em termos psicológicos a conter o consumo no cartão de crédito cujo atraso em pagar resulta nas maiores cobranças de juros que existe no Brasil entre o comércio legal. Ao fazer compra de frios na padaria o consumo acontece de forma imediata e no momento de pagar a fatura o gosto e satisfação do alimento não são lembranças como a conta alta a ser pagar antes de expirar data de vencimento.

I: Um Passo na Frente! Dicas para Economizar no Cartão de Crédito

Às vezes por causa de emergências de saúde ou oportunidade de comprar uma barganha o limite do credito gasto ultrapassa o valor disponível a ser pago. Quando clientes sabem que isso vai acontecer pode valer a pensa ligar de forma prévia ao vencimento para o banco e explicar a situação. Quem tem a ficha limpa e o histórico como bom cliente tem chances de atrasar e não pagar juros, ou fazer a quitação de taxas menores do que o convencional. 

J: Boa Clientela e Melhores Taxas! Economizar no Cartão de Crédito

Vale a pena manter boa relação com banco ao ponto de jamais ficar em dívidas com a instituição e procurar as melhores saídas antes dos acontecimentos que culminam em cobranças abusivas por conta do descontrole de clientes quanto ao orçamento doméstico. Nunca se sabe quando problemas podem acontecer sob a ótica financeira. Procure ser conhecido como bom pagador de crédito e aumente as chances de conseguir empréstimos altos com menores taxas. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Crédito

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *