Economia Capitalista

A Economia Capitalista é o modo de produção predominante na sociedade e essa economia possui uma série de aspectos que estão intimamente ligados ao capital produtivo e a sua acumulação.
O Capitalismo surgiu com o fim do Feudalismo, o qual era um sistema político e econômico que se estabeleceu na Europa durante a Idade Média, e com o fim do desse sistema, o Capitalismo teve a sua ascensão.

Feudalismo

A economia capitalista é caracterizada pela propriedade privada dos meios de produção e também pela presença de mercados livres, de trabalho assalariado. As sociedades atuais possuem economias que são consideradas mistas, pois em geral, há uma mistura de propriedade privada e controles governamentais.

A Economia

A Economia Capitalista tem como objetivo o lucro do proprietário dos meios de produção, e através da realização do trabalho dos trabalhadores retira a mais-valia que integra o seu negócio.
O capitalismo é definido por grande parte da sociedade como um sistema essencialmente econômico, mas o filósofo Karl Marx, defendia a idéia de que o capitalismo é um complexo de instituições político-econômicas que pode determinar as relações sociais, culturais e éticas.

As Características da Economia Capitalista

A Economia Capitalista possui algumas particularizções que lhe são próprias, e reúne também características do trabalho preconizado, podendo ser o trabalho artesanal, manufaturado ou industrial. As princípais características clássicas da Economia Capitalista são:
- A Propriedade Privada: Essa tem por base o sistema produtivo que está vinculado à propriedade individual.
- O Lucro: Esse é procedente do resultado da acumulação de capital, e é o principal objetivo capitalista, é o lucro que é a base dessa economia.
- Economia de Mercado: É uma iniciativa de regulação do mercado, que praticamente não sofre intervenção do estado. É um processo caracterizado pela oferta e procura, que irá regular os preços e os estoques das mercadorias, portanto, o estado só irá intervir nesse processo em casos complicados e também na introdução de medidas que irão garantir a instabilidade econômica.

Sistemas

- Divisão de Classes: É um assunto muito polêmico dessa economia, pois trata da distinção entre duas classes sociais. De um lado está a classe da minoria que é conhecida como Capitalistas ou Donos dos meios de produção e de capitais, e do outro lado está a classe da grande maioria da população que é conhecida como Proletariado, que é a população que recebe um salário em troca da venda de sua força de trabalho. E a partir daí, que surge a divisão de classes, pois nem sempre o Capitalista proporciona uma remueração que seja suficiente para suprir as necessidades básicas desses trabalhadores. A partir desse processo que os Capitalistas adquirem a mais-valia, que é correspondente aos lucros, originados do trabalho da classe do Proletariado.

Por: Érica Ap. Gomes

Um comentário

  1. socialismo no leste europeu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>