Indicador De Topos E Fundos

O mundo dos negócios está cada vez mais presente na vida das pessoas. Com o desenvolvimento da economia mundial, cada vez mais as pessoas querem estar a par da situação, para ver como anda os investimentos que podem beneficiá-las, seja por meio de ações ou, até mesmo, emprego, já que, quanto mais investimentos financeiros na indústria, por exemplo, significa o melhoramento da produção e, consequentemente, maiores chances de geração de postos de trabalho. Quando os índices de investimento estão baixos, todos sabem o que acontece: recessão, quebra ou redução de pessoal em fábricas, além, é claro, da demissão de muitas pessoas e dificuldade em achar emprego.

Os investimentos, atualmente, estão sendo cada vez mais comedidos, visto que o planeta está começando a sair da grave crise econômica que teve origem nos EUA em 2008, por conta da temida bolha imobiliária. Várias bolsas do mundo inteiro tiveram perdas catastróficas, principalmente em países subdesenvolvidos, que, além do problema econômico estadunidense, tinham problemas internos, o que só piorou a situação.

Como todos sabemos, para que um investimento seja realizado com segurança, é necessário que, frequentemente, a situação dos principais mercados sejam conferidos, para poder prever possíveis flutuações, que podem ser negativos ou positivos, protegendo seus bens para que não tenha nenhum tipo de problema financeiro. E, um modo de perceber isso é analisando os topos e fundos que podem indicar qual o melhor momento para se fazer um investimento. E é sobre isso que iremos falar no nosso artigo de hoje. Aqui, você vai conhecer um pouco mais sobre o indicador de topos e fundos, além de algumas dicas de como fazer um investimento. Confira:

O Que É Um Investimento E Como O Fazer Da Melhor Forma?

O investimento nada mais é do que você reservar uma parte de seu dinheiro e coloca-lo em algum negócio que pode tanto estar no início quanto pode estar há vários anos em operação. Vale ressaltar que a última opção é sempre a melhor, porque o risco de existir um calote é bastante baixo, justamente pela presença a bastante tempo no mercado. A primeira opção, que é de investir em um negócio que está começando tem a ver com o “investimento de risco”, ou seja, você tem que estar ciente de que pode não reaver o dinheiro investido nunca ou, pelo menos, rapidamente, por causa dos diversos problemas que podem vir a acontecer não no negócio. Nesses casos, é sempre bom ter um consultor para que ele faça uma análise de risco e, assim, possa definir se o investimento, apesar de ser de risco, pode ter algum tipo de futuro ou não.

Muitas pessoas acreditam que, para investir, são necessários mover muitos fundos, mas, não é bem assim que funciona. Você pode ter 1000 reais, por exemplo, e investir esse dinheiro em um fundo de poupança e, com o tempo você recupera esse dinheiro. Para exemplificar ainda mais: a poupança que o banco oferece é um tipo de investimento, embora o valor retornado ao investidor não seja um dos maiores: em alguns casos, a porcentagem mensal retornada ao investidor não chega a um por cento, se concentrando, principalmente, na margem do meio por cento.

Muitos sonham em ficar ricos de uma hora para outra. Mas, infelizmente, isso só é possível se você ganhar na loteria, e, como sabemos, é uma missão bastante difícil. Mas, se você quer mudar de vida e ficar rico, é necessário que, antes você faça uma reflexão e chegue às conclusões sobre qual forte é a importância do dinheiro na sua vida. Tirar umas férias, ter aquele descanso que a aposentadoria permite, além de outros sossegos podem ser um dos objetivos.

Os investimentos são uma forma de você manter seu dinheiro protegido da inflação. Por exemplo, o IPCA mede a inflação anual e, com isso, vai “comendo” o seu poder de compra. Ou seja, cinquenta reais em 2010 não valem mais a mesma coisa do que cinquenta reais em 2018. Dá para imaginar que, aquela pessoa que guarda toda a sua economia embaixo do colchão ou em maletas pode estar sujeita a não ter mais nada.

Para fazer seu investimento, é necessário que você tenha, em mãos, um planejamento financeiro que inclua tudo o que você pretende gastar para se manter, bem como, também, o dinheiro destinado para ser investido. Além de registrar o dinheiro gasto mensalmente, é bom deixar registrado, também, a quantidade de dinheiro aplicado naquele mês. Mas não basta somente ter feito o planejamento: é preciso seguir ele à risca.

Tenha objetivos com o dinheiro investido: será utilizado na reforma da casa, será para pagar aquela viagem dos sonhos, não importa. Quando você embute objetivos no investimento, você fica mais propenso a fazê-lo, do que não ter nada em mente e acabar refletindo: para que investir se não almejo nada?

Antes de investir, verifique se você está livre de dívidas. Se estiver, mande bala. Se não, se preocupe em acabar com essas dívidas, pois é impossível ter um patrimônio positivo com dívidas penduradas em seus bolsos. Só depois de ter liquidado tais dívidas é que você deve começar a considerar um investimento.

E, assim, procure investimentos próprios para iniciantes, que, geralmente, tem um risco baixo de calote, mas, em contrapartida, tem rendimentos mais baixos do que um investimento de alto risco. Lembre-se que você está começando nessa missão e, portanto, não precisa se desesperar caso erre em algum investimento.

É necessário, também, que você tenha em mente que ter uma reserva de emergência é importante, visando cobrir eventuais surpresas sem prejudicar seus investimentos. Isso pode ser feito da seguinte maneira: você deve reservar, segundo especialistas, o equivalente a seis vezes os gastos mensais que você tenha, para que, se alguma emergência acontecer, você possa ter uma reserva significativa.

Como já foi dito, para realizar um investimento, é necessário que haja um acompanhamento diário da situação do mercado. E o indicador de topos e fundos pode ser um ótimo aliado nessa tarefa. Nesse link, você vai conhecer como funciona esse indicador, bem como as suas vantagens.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Investimento

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *