Economia da América

América do Norte

Economia da América

Economia da América

Esta parte do continente americano abrange os países: Canadá, Estados Unidos e México. O Canadá é um país desenvolvido, incluindo-se entre as grandes potências econômicas mundiais. Sua população, essencialmente urbana, tem um nível de vida bastante elevado, contando com uma das mais altas rendas per capita do mundo.

A renda nacional dos Estados Unidos é divida em partes, onde a agricultura pequena participação na renda nacional, com 1,2% do PIB em 2008, enquanto a indústria participa com 19,2% e o comércio e serviços com 79,6%. Ainda assim atividade agrária destaca-se pelo volume e variedade da produção, pela intensa mecanização e pela elevada produtividade do trabalho.

Grande parte da economia mexicana se baseia na produção de petróleo e exportação aos EUA. É no México que se encontram as maiores jazidas de petróleo e gás natural, mais especificamente no litoral do Golfo do México e na Baía de Campeche.

O país é também grande produtor de prata. Além das indústrias (a maioria está voltada para o mercado dos EUA), o México é um grande produtor de milho. Já que a plantação de milho ocupa 60% das terras mexicanas.

América Central

Continente

Continente

A economia dos países centro-americanos baseia-se principalmente na agricultura de produtos tropicais para exportação.
A agricultura é feita em dois sistemas: o de subsistência e o de plantation, cujo principal objetivo é abastecer o mercado norte-americano com produtos tropicais.

Outra atividade importante é o extrativismo mineral.
As poucas indústrias existentes nos países da América Central estão ligadas à agricultura ou às reservas minerais, essas indústrias, na sua maioria, desenvolvem-se a partir de tecnologia e capital externos.

Além de que, ultimamente o turismo está se tornando um importante aspecto econômico para os países da América Central.

América Andina

A América Andina é a porção ocidental da América do Sul onde estão localizados seis países: Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e Chile. O IDH da região é mediano, variando entre 0,6 e 0,8, com exceção do Chile, que tem um IDH mais elevado (0,878 em 2009).

A economia é fundamentada em atividades agro-extrativistas, destacando o setor da mineração, destacando o setor da mineração – petróleo, gás natural, cobre, estanho, chumbo, zinco e prata.
Na América Andina, a atividade agrícola é dificultada pela presença da Cordilheira dos Andes, assim é exigida uma utilização de métodos especiais de cultivo.

América Platina

Países

Países

América Platina é a outra porção da América do Sul. É chamada assim, porque os seus integrantes são apenas os países banhados pelo Rio da Prata. São eles: Argentina, Paraguai e Uruguai.

A economia da América Platina é resumidamente baseada nas indústrias da Argentina, que é um dos países mais industrializados da América Latina, nas atividades hidrelétricas do Paraguai e no setor terciário do Uruguai.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    sophia 16 de outubro de 2013 10:15
  • muito bom esse texto

    patrick (P@J£) 30 de outubro de 2013 16:07
  • muito bom este texto

    patrick (P@J£) 30 de outubro de 2013 16:07

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *