Temor de Guerra Cambial Marca Reunião do G20

Insegurança sobre muitos assuntos em torno da economia gera desconforto em reunião do G20 onde Barack Obama, presidente dos Estados Unidos já se manifestou afirmando ter ainda o G20 um grande trabalho a ser feito em relação a economia global e que um modelo para um crescimento equilibrado ainda não foi acertado até o momento.

Esses comentários do presidente americano foram feitos depois de uma reunião que ele teve com o presidente da Indonésia e chegou junto a críticas feitas pela China em relação às políticas monetárias norte- americanas. A verdade é que o G20 precisa com urgência de um sistema que possa funcionar no equilíbrio das economias.

Alerta Veio de Pequim

Temor de Guerra Cambial Marca Reunião do G20

Temor de Guerra Cambial Marca Reunião do G20

Faltando apenas dois dias para a cúpula do G20 em Seul, um alerta foi feito por Pequim dizendo que os Estados Unidos podem trazer o desequilíbrio da economia mundial provocando bolhas de ativos. Ao lado do presidente da Indonésia, Obama disse que todos ainda têm muito trabalho pela frente e que uma das principais medidas nesse momento é a aplicação de medidas adicionais como forma de encorajar o crescimento equilibrado e de forma sustentável.

Ainda segundo palavras do presidente americano o crescimento equilibrado ainda não foi atingido pelas economias mundiais e observou, entretanto sem citar nomes que existem países que com o objetivo de tirar vantagens estão fazendo intervenções nada usuais nos mercados cambiais. A verdade é que hoje temor de guerra cambial marca reunião do G20 e se ele falhar nas medidas a serem tomadas, o cambio pode gerar uma guerra comercial.

China é Causa de Polemica

Sobre

Sobre

As vésperas da reunião do G20 os Estados Unidos e a China se atacam e Obama se manifesta sobre o assunto afirmando que os estados Um idos não estão com pretensões para conter a China. Enquanto isto a China cria expectativas em relação a juros mais elevados e o editor da “Economist” acredita que Brasil deva fazer pressão sobre a China por causa do cambio. Segundo Obama o G20 não pode progredir em todos os pontos de uma só vez. Os Estados Unidos desejam o sucesso e prosperidade da China, pois para os norte-americanos é ótimo que os chineses continuem nesse caminho.

Parceria é Inaugurada

Sistema

Sistema

Uma parceria muito ampla foi inaugurada por Obama e Yudhoyono onde se inclui cooperação em segurança, clima, energia, entretanto não foram dados detalhes dessa parceria e nem foram anunciados investimentos específicos a não ser o valor de US$ 165 milhões de dólares que os Estados Unidos direcionaram para a educação na Indonésia que é a maior economia do Sudeste da Ásia e sendo um mercado em expansão se torna um dos focos dos Estados Unidos com objetivos de dobrar as exportações.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Política

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *