Leilão de Motos

Um leilão de motos pode ser uma excelente oportunidade para a aquisição de uma moto, e saiba que são bastante comuns as buscas por motos que serão usadas em trilhas e estes condutores não tem grandes preocupações com a documentação dos veículos. Não estamos afirmando que as motos usadas em trilhas não necessitam de documentação para rodar, ao contrário, todos os veículos automotores devem ser licenciados para poder transitar.

Motos para Trilhas

O que acontece é que muitas vezes estas motos estão irregulares, mas como rodam apenas nos circuitos fechados das trilhas, elas não são vistoriadas, e para o deslocamento até o local onde as trilhas acontecem, geralmente elas são transportadas em pick-ups ou carretinhas, e exatamente por estarem sem o licenciamento o se preço de custo é bastante reduzido nos leilões. Cabe ressaltar que elas podem ser regularizadas, ou seja, elas oferecem esta possibilidade, ao contrário de alguns casos em que os veículos são comercializados apenas para desmanche e reaproveitamento de peças, pois não possuem mais o número do chassi.

Trilhas

Saindo do Leilão

Motos adquiridas em leilões geralmente não podem sair rodando, pois não possuem a documentação em dia, mas de posse da nota fiscal e com ela sobre uma carretinha, você pode até ser parado por policiais, mas não poderá ser multado uma vez que o veículo não se encontra rodando, mas apenas sendo transportado. Motos que estão aptas à regularização costumam custar mais em leilões, basta apenas realizar a transferência da mesma. Normalmente o preço de custo fica cerca de 15% abaixo da tabela.

Leilão

Acordos

Apesar de a circulação de veículos sem documentos ser uma prática totalmente irregular, em alguns locais onde as trilhas são uma prática muito comum, os condutores sendo praticantes de trilhas, tem uma espécie de acordo com os policiais, ou seja, eles podem se deslocar pelas vias públicas em direção ao local das trilhas e devem estar devidamente paramentados para tal, pois isto caracteriza a sua participação em eventos, mas os condutores estão cientes de que se houverem acidentes no decorrer do caminho, seus veículos serão recolhidos e penalizados na forma da lei.

Usar

Leilões do Detran

A apreensão de veículos, sejam eles carros, caminhões, motos, etc., é uma constante no Detran, e em alguns casos não vale a pena pagar as dívidas do veículo, ou simplesmente as pessoas não os querem mais, desistem da posse do mesmo. Nestes casos o Detran fica responsável pelos veículos que podem ficar em depósito por anos, até que sejam destinados aos leilões do Detran. Estes consistem em uma ótima oportunidade para quem deseja comprar motos ou carros, pois muitas vezes encontram-se veículos em excelentes condições, que tem dívidas de apreensão, mas que ainda assim saem por um custo bem abaixo do preço de mercado.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Gostaria de saber se tem alguma moro XLX ou Sahara de leilão com nota
    Grato Nivaldo… pra vender..

    Nivaldo 8 de outubro de 2010 18:16
  • quero uma moto da suzuki en yes prata ate uns 1200 rs c possivel me passar endereco e tel por email

    everton 25 de outubro de 2010 11:47
  • Gostaria de saber o preço de uma honda biz 125 . Usada .

    luan 22 de março de 2011 10:59
  • quero compra o chaci de uma fan 2008 preta

    edina 4 de agosto de 2011 19:06
  • queria compra uma moto de trilha 2010, gostaria de saber o preço ?

    caio vinicius dos santos 17 de março de 2012 21:43
  • Gostaria de saber se tem alguma moto HONDA CG 150, por favor me passe o endereço e
    telefone para q eu possa entrar em contato.. Obrigada1

    ariane fernandes 22 de março de 2012 17:24
  • procura uma sucata 600 honda ou yamaha..

    jonas 16 de maio de 2012 21:34
  • procoro shasis de moto fazer eno2007 comdocumentação em dias

    jaime paiva 4 de junho de 2012 20:03
  • Estou procurando uma minimota ou uma motorizada genero dt ou macal minarell m83 , se alguem tiver agradeco o contato para 913152422

    mickael 5 de dezembro de 2013 16:18

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *