Para que Serve o PIB? Características Gerais do Produto Interno Bruto

O PIB (Produto Interno Bruto) está entre os principais indicadores da economia, mesmo sendo pouco conhecido por grande parte da população. Em termos gerais existe pouco conhecimento popular sobre os efeitos e impactos que pode gerar de maneira direta e indireta no desenvolvimento do país.

1-O que é PIB?

Consiste na soma das riquezas geradas entre os principais conjuntos produtivos do país. Serve para medir o custo de produzir e os ganhos e perdas existentes com as produções, o que no ramo econômico é conhecido como “valor agregado”.

2-Qual a Influência do PIB?

O indicador possui na composição diversos itens distintos, tais como: Gastos e receitas do governo, consumo das famílias, balança comercial entre exportações e importações, investimentos com forma fica de capital bruto, entre outros. Valores do PIB possuem impacto direto na população porque determinam a qualidade de vida e chances de crescimento de empresas, conforme afirma a professora da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), Beatriz David, em matéria publicada do Portal R7. 

3-O que Acontece Quando o PIB Cresce?

Caso o PIB aponte para crescimento na economia vai existir influência positiva no bem-estar da população. No momento em que a nação está crescendo os membros da sociedade sentem os efeitos de maneira não igualitária.

Evolução possui dependência da estrutura positiva e das formas sobre como os cidadãos estão inseridos na conjuntura econômica. Tendência de a vida evoluir é grande!

O aumento da produção gera maior número de empregos formais, isto é, de carteira assinada. A abundância de produtos no mercado obriga às empresas a diminuírem os preços. Maior renda para gastar com crescimento de itens disponíveis melhora as condições de vida da população de maneira geral.

4-PIB Contabiliza Riquezas do País?

Economistas apontam que o PIB não consegue captar 100% das riquezas geradas no país. Para realizar o cálculo se faz necessário levar em consideração as atividades legalizadas. Fontes informais não são absorvidas na metodologia estipulada conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Levando em conta tráfico de armas de fogo, drogas, animais silvestres e prostituição se pode considerar que valores divulgados do PIB no Brasil e mundo estão longe de serem reais.

5-Quais Objetivos do PIB?

Em grande parte do mundo o PIB é divulgado de modo trimestral. Nos momentos que apontam geração de riqueza inferior ao período anterior significa que a economia entrou em retração. Interessante notar que quando o ciclo negativo ocorre por duas vezes seguidas à situação está intitulada “retração técnica”.

No Brasil o PIB consiste em conta integrada ao Sistema de Contabilidade Nacional. Possui objetivo de medir valores monetários referentes aos bens e serviços produzidos por inteiros em países por certo período. A forma de medida serve como maneira de avaliar os desempenhos econômicos de sociedade.

Com a contabilidade são feitas comparações de produções estabelecidas em outras nações a título de comparação. A história da economia é dependente das análises estabelecidas em períodos anteriores para desenvolver pensamentos profundos. Quando o PIB cresce representa que a nação se tornou mais rica.

PIB per Capita: Total dos valores do PIB dividido por total de número de pessoas que existem dentro da nação.

6-Qual Relação Entre PIB e Desenvolvimento Social?

As medidas econômicas de crescimento do PIB por vezes não devem ser confundidas com métodos utilizados para desenvolver o social. Não se pode ignorar o fato de que desempenho econômico em alta não significa ter igualdade de renda, saúde e educação entre os populares. Países como o Brasil são conhecidos por existência de alta diferença na renda entre os cidadãos.

No Paraguai apenas 6% da população detém de 70% das propriedades privadas, ou seja, o crescimento econômico do país nos anos setenta do século XX no auge do regime Alfredo Stroessner esteve reservado para poucos membros da sociedade. 

7-Qual Relação Entre PIB e IDH?

Em termos econômicos quando acontecem ganhos econômicos para poucas pessoas da população pode não significar nenhum ganho no campo social, fato não benéfico ao longo prazo para a economia da nação que possui probabilidade de escassez na mão-de-obra preparada para alavancar a produção do PIB. O IDH (Índice do Desenvolvimento Humano) consiste de três dimensões:

01-Grau de conhecimento e saúde da população;

02-Medade da longevidade populacional;

03- PIB per capita 

8-Como Fazer Crescer o PIB?

Políticas econômicas com dependência direta do capital internacional ou da flexibilidade em níveis de mercado de trabalho que podem puxar com frequência a taxa de desemprego para baixo são contrapontos que auxiliam na concentração de renda.

Para crescer o ciclo econômico do país se faz necessário investir no mercado interno, bem como na geração de postos de trabalho para que a população tenha renda para consumir e proporcionar aumento de produção das indústrias, dependentes de maior investimento em máquinas ou trabalhadores.

O custo da justiça também é caro não apenas no Brasil como em grande parte das civilizações civilizadas. Programas para exterminar a corrupção ou o exagero fiscal faz com que a população reserve maior dinheiro ao consumo de bens duráveis e não duráveis.

9-Como Medir a Riqueza do País?

De acordo com as regras gerais da macroeconomia se pode dizer que a fórmula clássica está denominada da seguinte maneira: Y = C + I + G + X – M

Y = PIB

C = Consumo

I = Investimentos total realizados

G = gastos governamentais

X = Volume de exportações

M = Volume de importações

PIB consiste na adição de bens e serviços vendidos / comprados com quase nenhuma distinção sobre o que venha a ser benéfico em níveis coletivos à sociedade. Criminalidade, contaminações tóxicas, poluições, guerras e acidentes são modalidades relevantes que podem prejudicar de maneira direta a evolução econômica.

10-Qual Relação Entre Guerras e PIB?

Não se pode ignorar o fato de que economias destruídas por acidentes ambientais ou guerras movimentam bilhões em dinheiro para repor os custos. O furacão KATRINA foi conhecido por trazer custos incomensuráveis em níveis de infraestrutura. Entre a Primeira e Segunda Grande Guerra Mundial a Alemanha sofreu com a inflação. Um pão chegava a custar cem milhões marcos em um dia e novecentos milhões marcos no outro.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Moedas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *