Utilização do Holding nas Empresas

Holding nas Empresas

O holding, vem da língua inglesa, ‘to hold’, que em português significa manter, segurar ou controle. Assim, desde 1976, foi instituído no Brasil a lei de número 6,404, cuja citação é lei das sociedades anônimas. Assim, o holding empresarial é um tipo de organização que faz com que seus diretores tenham um tipo de domínio e poder sobre outras subsidiárias. De outra maneira, quando há detentores majoritários sobre ações de uma ou mais empresa, este tem poder de decisão sobre muitos âmbitos da empresa. Desta maneira, uma empresa holding é aquela que possui ações de outras empresas de patentes, de marcas registradas, de fundos de hedge, sociedades limitadas, títulos, imóveis e outros.

Utilização do Holding nas Empresas

Dentre os benefícios de uma holding podemos citar a vantagem óbvia de detentor e controle sobre decisões de outras empresas, possui maior mobilidade de capitais. Como exemplo de uma holding podemos pensar no grupo Sílvio Santos, no qual têm sob seu controle mais de 40 empresas ligados ao seu canal SBT, SSR cosméticos (Jequiti), as lojas do baú da felicidade dentre outros. Assim é mais fácil entender como é o funcionamento e a definição de uma holding, ao qual objetiva somente o controle e administração de empresas e nada ligado à produção de bens e produtos.

O que leva a criação de uma holding são vários motivos, como a necessidade e segurança no controle de empresas e subsidiárias. Isto permite a gestão em volume, e maiores benefícios em dividendos. Além disso, permite assegurar o controle da empresa na mão do fundador da instituição, a fim de resguardar o patrimônio e buscar colocar a frente sucessores da própria família.

Com a criação de holdings, isto possibilita a criação de linhas de crédito para a empresa, que abre portas para a entrada de divisas à empresa. Também aumenta obtenção de financiamentos e empréstimos, e potencializa e aumenta a diversificação de negócios, tornando a empresa mais atrativa a investimentos. Além destes benefícios, holdings possuem benefícios fiscais, já que o imposto de renda pode atingir a 27,5% para pessoas físicas e 11,33% para pessoa jurídica.

Classificação de Holding

A holding pode ser classificada em alguns tipos, sendo eles:

  • Holding Pura – Este tipo tem como objetivo principal a participação no montante de capital de empresas, e assim podemos entender que uma holding pura seria como uma controladora. É uma empresa proveniente de lucros e dividendos de suas participações.

  • Holding Mista – Além de utilizar-se de em parte ser uma holding pura, esta tipologia também age em outros meios empresariais, do tipo de prestação de serviços ou comerciais. Um ponto relevante a se colocar é que empresas do tipo holding nunca podem ser do tipo industrial, por questões específicas e fiscais do Brasil.

  • Holding familiar – Este tipo de empresa tem como meta principal controlar o patrimônio de famílias em especial, podendo ser mais de uma. Esta sociedade, pode ser formada por extensões desta família, a fim de proteger a empresa e direcioná-las nas tomadas de decisões.

  • Holding de participação – Este tipo de holding refere-se quando a permanência em sociedade é minoritária, mas persiste por razões individuais e específicas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Empresas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *