Como Escolher o Melhor Fundo Imobiliário: 10 Dicas

Fundos Imobiliários são tipos de ativos distintos na Bolsa de Valores e por esse motivo existem características peculiares que precisam ser compreendidas para existe lucro. Há dezenas de opções listadas na BOVESPA, casa qual a funcionar de acordo com objetivos diferentes. 

A: Qual Significado de Imóvel?

Antes de tudo existe a necessidade de compreender como funciona o setor que está além do que um título que serve para trazer rendas variáveis no final do mês. Existem pontos exteriores e interiores que podem influenciar de forma direta nas condições de mercado. De forma prática quem investe na área precisa acompanhar o noticiário de forma diária para aumentar o poder de clarividência entre comprar e vender na hora certa.

B: Fundo Imobiliário Não é Papel       

Outro ponto que investidores no setor precisam ter em mente se encontra no fato de jamais encaram o investimento como mais um papel dos milhares que existem em termos de investidas no mercado de ações. Nos termos acionários os compradores adquirem parte da empresa e entram em sociedade repleta de regras e burocracias. Por outro lado, ao comprar os títulos imobiliários o nível de especialidade para compreender o conjunto de normas funciona com maior simplicidade quanto ao valor legítimo na investida.

C: Busca Informativa

Antes de decidir qual fundo investir existe a questão de investigar o fundo para saber o maior número de informações. Sem dúvidas o melhor canal para explorar com esse objetivo consiste no consulta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ao acessar o conteúdo informativo há a publicação de fontes valiosas que definem de forma cristalina os aspectos da valorização futura e as regras do fundo. 

D: Características do CVM

Procure explorar as páginas no site CVM para saber o maior valor de conteúdo informativo que pode existir referente ao fundo imobiliário. Na prática, sem o conjunto de informações do gênero fica quase impossível investir com confiança. Entre os diversos pontos que requerem a máxima atenção dos investidores vale o destaque ao prospecto de distribuição.

Quem acessa a informação pode saber de forma profunda as principais características que se referem aos pontos históricos, sem dúvidas consiste em uma arma para conhecer as problemáticas em potencial que poderiam atrapalhar de forma direta na condição legar ou de valorização. Até mesmo investidores com rica experiência em investir no setor possuem surpresas positivas ou negativas com o que conseguem descobrir ao ler o prospecto de distribuição.

E: Qual Tipo de Imóvel?

Não há como dispor de quantias financeiras para comprar fundos imobiliários com segurança sem compreender qual o tipo de imóvel. Interessante notar que no setor podem existir diversos tipos que servem de acordo com a principal demanda do investidor no momento da compra. A notícia intrigante consiste no fato de que os tipos distintos podem ter valorizações diferentes que variam de acordo com diferentes acontecimentos no ciclo econômico. 

F: Variações da Valorização de Fundos Imobiliários

Existem diversos tipos de imóveis que podem receber investidas, desde hospitais até centros de distribuição. Quem investe nos galpões da indústria deve levar em conta as condições de segurança na região, visto que locais inseguros podem resultar no aumento de furtos e queda no preço do título. Edifícios corporativos também podem estar disponíveis para investimentos na para de fundo imobiliário, assim como os residenciais. Na prática qualquer forma de terreno pode entrar em negociações.

G: Localização do Imóvel

Não vale a pena comprar o imóvel apenas por investir no setor. Também existe a necessidade de compreender se existe algo de mais no negócio que não é encontrado de forma convencional ao levar em conta o valor papeis. Um dos pontos que deve ser levado em consideração consiste em estudas as condições da região. Existe grande número de assaltos? Há infraestrutura em crescimento? Enfim, diversas perguntas podem ser feitas para saber estimativas de valorização para diferentes regiões da sociedade.

Outro ponto a se considerar em termos de localização consiste no fato de saber o nível de acesso que existe para o local no qual se estabelecer o imóvel. Imagine que nos casos dos galpões há necessidade da presença de vias rápidas ao redor, ao ponto que escolas necessitar estar perto de pontos de ônibus ou metrô. 

H: Qual o Nível da Especificidade?

Saber as condições que existe para acontecer troca de locatários consiste em elementos básicos, visto que quanto maior as facilidades aos donos melhor para a vitalidade do negócio. Dentro das análises específicas cabe o destaque em saber se existem ou não melhoras necessárias para tornar o local apto ao uso dos que alugam. Na prática quanto melhor a localização e qualidade que existe no imóvel mais caro se torna o valor do fundo.

I: Mercado Imobiliário e Compreensão do Consumidor

Na prática a grande parte de investidores que investe no fundo imobiliário não é especialista no setor de imobiliário, visto que a rotina de longas horas de estudo não se faz necessária. Contudo, acompanhar o noticiário da imprensa especializada representa ponto elementar. Aproveite o jornalismo popular que trabalha para tornar as informações legais com maior nível de popularidade, o que facilita na compreensão do quadro em geral.

Outro fator a se considerar consiste no fato de fazer a pesquisa nos empreendimentos que trabalham de forma específica para coletar informações sobre o setor imobiliário e servem para direcionar melhor as características de mercado em termos informativos aos investidores.

J: Com o Olhar em Quem Aluga

Ponto fundamental para quem investe em fundos imobiliários está no fato de estudar as características das pessoas que alugam o imóvel, ou seja, os inquilinos. Diversas análises devem ser feitos nesse âmbito. Uma das mais importantes se encontra nas condições de crédito.

Vale ressaltar que por algum motivo no futuro a empresa pode deixar de pagar o aluguel mensal com o uso do galpão e por consequência são os donos do fundo que perdem dinheiro. Nesse sentido quem investe deve ter o máximo de precaução ao investigar antes de investir no papel. Uma forma para ficar seguro está em exigir algum tipo de garantia de que o pagamento vai acontecer de forma correta conforme aponta os termos de contrato. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mercado

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *