Comércio nas Praias do Brasil

Quando se fala sobre comércio nas praias do Brasil logo pensamos no vendedor de picolé, não é mesmo? Pois, saiba que nos últimos anos foi ampliada de forma significativa a gama de serviços ofertada na orla das belas praias do nosso país. Hoje em dia é possível encontrar até mesmo massoterapeuta em algumas praias. Difícil mesmo é escolher o que aproveitar enquanto relaxa a beira do mar.

Biscoito de Polvilho – O Símbolo do Rio de Janeiro

Já faz parte do turismo nas praias cariocas encontrar aquele ‘tio’ que vende biscoitos de polvilho. O produto é um dos mais consumidos na praia e mesmo os turistas que não tem o hábito de comer esse tipo de biscoito compram do ambulante, pois é legal dizer para os amigos que foi a praia carioca e comeu esse petisco tão tradicional na cidade. Isso nos mostra que cada região tem algum tipo de produto ou serviço bem específico.

Artistas de Rua

Além de vendedores ambulantes de produtos é possível encontrar artistas de rua como aqueles que encarnam as estátuas vivas pintando o corpo todo de prateado, por exemplo. A praia também pode ser o lugar para apreciar o trabalho de quem escolheu dividir com os demais algum dote artístico. Algumas praias como as cariocas tem artistas que fazem lindas esculturas de areia, relaxe enquanto assiste o escultor criar a sua obra. Lembre-se que praia é lugar de diversão e você pode ajudar o artista colaborando com ele.

Comida Árabe

Um dos movimentos de comércio na praia que mais tem ganhado destaque é a venda de comida árabe. Sim, acredite tem ambulantes que chegam nas areias trajados como muçulmanos para oferecer ao seus consumidores kibe, esfiha entre outros lanches típicos doa países árabes. Já se foi o tempo em que a coxinha dominava as areias, os consumidores estão querendo cada vez mais variedade.

Além disso, os consumidores que tem acesso a cada vez mais alimentos estão se tornando mais exigentes e assim selecionando melhor o que comprar. Isso ajudou a fazer com que a venda de outros tipos de alimento pipocasse. Na próxima vez que você estiver curtindo um dia de sol na praia pode ser abordado por um árabe trajado a caráter para te oferecer um kibe.

Cuidados Para Comprar Comida

A praia é diversão e deve continuar sendo isso para os turistas e famílias que vão curtir as suas folgas nas areias. Por isso na hora de comprar comida é necessário verificar quais são as condições de higiene e qualidade dos alimentos. É muito arriscado comer na rua em especial na praia já que não temos acesso as mesmas condições de higiene que teríamos em casa.

Observe de que maneira o ambulante tem os alimentos armazenados, se puder prefira comprar das barracas. As barracas fixas passam por constantes avaliações da Vigilância Sanitária e assim tem mais chances de oferecer alimentos em melhores condições. Fique atento ao armazenamento dos alimentos, pois muitas pessoas acabam tendo diarréias ou se contaminam com alguma bactéria ao escolher mal onde comer.

Passeios

Além de comida o comércio nas praias pode oferecer serviços para os turistas como, por exemplo, a realização de passeios. Essa prática é bem comum nas praias nordestinas, pois sempre tem algo incrível para conhecer além da praia em que você está. Para aproveitar a diversão sem preocupações informe-se com a sua agência de turismo sobre a procedência desses vendedores de passeios. Em geral as agências possuem parcerias com os trabalhadores mais sérios.

É interessante fazer esses passeios em grupos com outros turistas. Verifique ainda as condições do veículo ou equipamento utilizado para fazer o passeio e aproveite a sua estadia. Em algumas praias tem até mesmo passeio de camelo, é preciso estar atento as oportunidades e se informar sobre o que é ou não permitido.

Artesanato

A praia é um bom lugar para vender artesanato, pois em geral quem está fazendo turismo quer levar uma lembrancinha para os familiares e amigos. Pode ser legal fazer peças temáticas como aquelas que dizem algo como: “Estive em tal lugar e lembrei de você”. Mas, não se prenda somente nesse tipo de peça, invista também em peças mais diversificadas para dar mais opções para quem se interessar pela sua barraquinha.

Cangas, Toalhas e Afins

Dentre os produtos que tem melhor aceitação na praia estão cangas, toalhas e afins. Os turistas que esqueceram de trazer esse tipo de item de uso na praia podem aproveitar o trabalho dos ambulantes para se abastecer e poder curtir a praia com mais tranquilidade. A variedade é sempre boa para que as pessoas possam escolher melhor. Outros itens como guardassol, por exemplo, também pode ter grande saída.

Venda na Praia

Quem deseja ter uma fonte de renda extra ou mesmo ter o seu próprio negócio pode cogitar ter um comércio na praia. Pode ser para vender artesanato, comida, um serviço enfim o que você puder oferecer para os turistas e freqüentadores da praia. No entanto, é importante saber que se trata de um caminho de muito esforço e trabalho duro, pois não significa que você ficará o dia todo sem fazer nada nas areias da praia. Ter o seu próprio negócio exige seriedade e empenho da sua parte.

Concorrência

A praia está repleta de ambulantes e barracas e dessa forma tem uma grande concorrência. Os ambulantes que se destacam são aqueles que tem algum diferencial seja na forma de oferecer os seus produtos ou mesmo na variedade ou por oferecerem algo relativamente novo. Encontre um diferencial para você e assim conquiste mais clientes nas areias.

Regras

É importante que você se informe junto a prefeitura da cidade em que deseja estabelecer o seu comércio na praia para saber quais são as regras e os documentos necessários para vender os produtos na praia. Toda praia tem as suas próprias regras e você precisa estar adequado a todas as elas para que possa realizar a sua atividade de vendedor de barraca ou ambulante.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mercado

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *