Equilíbrio Econômico

Ter coragem para investir num negócio próprio é importante, mas os interessados em ter uma atividade econômica devem atentar ainda para o conhecimento de alguns conceitos de economia. Administrar bem os recursos da sua empresa é o que fará a diferença no futuro para que ela se torne lucrativa. Uma das principais dificuldades que os debutantes em economia têm é compreender o que é o chamado equilíbrio econômico da empresa.

Esse conceito pode ser facilmente confundido com o equilíbrio contábil e o equilíbrio financeiro. Embora suas nomenclaturas sejam semelhantes não se referem a mesma coisa e o investidor tem que ficar atento para isso. Confira a seguir quais são as principais diferenças entre esses conceitos e como aplica-los corretamente ao seu negócio. Lembrando que é essencial ter esse cuidado seja o seu negócio uma empresa com potencial de crescimento ou uma produção pequena de bombons caseiros.

O Que é Ponto de Equilíbrio?

O chamado ponto de equilíbrio é aquele ponto em que a receita gerada pelo negócio cobriu todas as despesas. Isso quer dizer que a partir desse ponto tudo o que for gerado é lucro. O cálculo desse ponto é importante para que o empresário saiba quanto terá que vender para que comece a ter lucro. O ponto de equilíbrio pode ser calculado com três variações: Ponto de Equilíbrio Contábil, Ponto de Equilíbrio Econômico e Ponto de Equilíbrio Financeiro. Para fazer esses cálculos é necessário usar alguns dados contábeis e gerenciais para que se possa chegar a uma resposta exata.

Margem de Contribuição

Um conceito de economia muito importante para compreender as diferenças entre esses três pontos é o de margem de contribuição. Basicamente se trata do preço de venda unitário com subtração dos custos envolvidos para poder oferecer o produto ou serviço.

Diferenças Entre Ponto de Equilíbrio Contábil, Econômico e Financeiro

O Que é Ponto de Equilíbrio Contábil?

O objetivo do cálculo do Ponto de Equilíbrio Contábil é saber quantas vendas precisam ser feitas para que se tenha lucro zero, isto é, para que o valor de custos e despesas seja zerado. A resposta desse cálculo te diz qual é a margem mínima de vendas que você precisa para que não fique com prejuízo.

A fórmula para fazer esse cálculo é:

PEC = Gastos fixos (valor necessário para ter a produção ou oferecer o serviço) / Margem de contribuição.

O Que é Ponto de Equilíbrio Econômico?

Para fazer esse cálculo é necessário estabelecer um valor de lucro mínimo que se espera obter com a empresa. É interessante que os empresários sempre façam esse cálculo, pois ele determinará quanto vender para ter o mínimo de lucro. As pessoas se preocupam muito com o Ponto de Equilíbrio Contábil que determina quanto vender para não ter prejuízo, mas pensar na lucratividade também é essencial. Nesse caso o Lucro seria igual = Zero + valor mínimo de lucro.

A fórmula para fazer esse cálculo é:

PEF = (Gastos fixos + lucro esperado) / Margem de contribuição.

O Que é Ponto de Equilíbrio Financeiro?

Esse conceito pode ser chamado de ponto de equilíbrio de caixa e se diferencia por levar em conta a depreciação e a amortização. São dois fatores importantes que podem reduzir o seu lucro. Nem todo mundo considera esse cálculo importante porque sob o aspecto gerencial esses dois fatores não reduzem o lucro. Dessa forma nesse caso o lucro = Zero – Depreciação. O cálculo que te mostra quanto você precisa vender para ficar com o lucro zerado, colocando nessa conta o valor que não sairá do seu caixa para produzir.

A fórmula para fazer esse cálculo é:

PEE = (Gastos fixos – Gastos não desembolsáveis) / Margem de contribuição.

Números

Para fazer esses cálculos você pode utilizar os dados dos demonstrativos gerenciais ou contábeis. A abordagem gerencial tende a ser mais assertiva, mas isso varia de caso para caso. Observe quais números oferecem mais segurança para a resposta que a sua empresa necessita.

Avaliação dos Resultados

Entendendo a diferença entre os conceitos é possível compreender qual a importância de cada um para a administração da sua empresa. Tendo a resposta da fórmula de cálculo do ponto de equilíbrio se sabe quantas unidades precisam ser vendidas para se começar a ter lucro. No entanto, é importante que se observe que a partir da venda de um determinado volume surgem gatilhos que devem ser considerados. Embora seja certo o conceito de que quanto mais vender mais lucro se terá também é essencial que se compreenda a partir de que momento é necessário se reestruturar para que se mantenha uma base sólida.

Isso quer dizer fazer uma avaliação considerando qual é a capacidade máxima de produção da sua empresa. Saiba qual é o ponto máximo de otimização, aquele ponto em que é necessário fazer novos investimentos para ampliar a capacidade máxima de produção. Tem momentos em que é necessário ampliar os custos e as despesas fixas para que se possa ter estrutura para produzir mais. Nessa situação o ponto de equilíbrio deverá ser novamente calculado uma vez que será necessário reinvestir.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Medidas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários