Setup 100 Pontos – Mini Índice

Mini Índice

O mini índice é um produto bastante procurado por investidores que não são pessoas jurídica na bolsa de valores. Para se obter os melhores lucros nesse mercado financeiro, é importante aprender de fato como realizar esses investimentos, de modo que se obtenha lucro mesmo com as oscilações que acontecem.

Em resumo, o mini índice é um contrato futuro derivado de um índice mais conhecido, o índice Bovespa. Esse índice Bovespa é uma espécie de carteira de ações formada por empresas grandes que compõe a bolsa em um único contrato. Ou seja, ele reúne as valorizações e desvalorizações que mais movimentam capital na bolsa, e assim, serve como elemento comparativo para outros investimentos.

Assim sendo, o mini índice é um contrato que tem como base essas oscilações do Ibovespa, e também pode ser denominado de derivativo. Os contratos são chamados de “mini”, pois foram criados para dar mais possibilidades aos investidores que são pessoas físicas, e eles representam 20% no índice brasileiro e assim, cada oscilação de um ponto nesse contrato, representam vinte centavos de lucro ou de prejuízo.

O objetivo inicial para a criação desse derivativo foi a proteção dos agentes financeiros contra as oscilações do mercado brasileiro. Porém se tornou perceptível que ele proporcionaria excelentes especulações, mas para isso ser de fato efetivo, é importante que o investidor conheça todos os riscos desse índice, e também possuir as ferramentas necessárias – principalmente a gráfica – para realizar a análise e prever os direcionamentos desse mercado, seja em curto ou longo prazo.

Existem algumas coisas que podem ser feitas para que existam maiores possibilidades de obter sucesso nesse processo. O primeiro deles consiste no desenvolvimento do raciocínio, já que a maior chave da negociação é a previsão do que acontecerá com o mercado brasileiro.

A análise técnica também é de extrema importância para se obter resultados positivos nesse meio, por isso o investidor também deve analisar todo o restante do cenário, para determinar o direcionamento de suas atividades.

Setup 100 Pontos no Mini Índice

Como já foi dito, a negociação pode ser feita a partir de um contrato, e cada ponto nesse índice equivale a vinte centavos de ganho ou prejuízo, desse modo o resultado financeiro é igual a quantidade de contratos multiplicado por vinte centavos e pela variação dos pontos. Desse modo, se ocorrer o setup 100 pontos, é só incluí-lo nesse cálculo.

Os contratos do mini índice podem ser alavancados, e assim é possível replicar o comportamento do índice do Brasil, mesmo sem desembolsar muito dinheiro, e também ter seus custos reduzidos em relação à compra das ações, porém isso além de possibilitar maiores ganhos, também pode possibilitar maiores riscos.

Já as margens são um modo de garantia, um tipo de caução que o investidor precisa oferecer para conseguir realizar suas operações. Ele precisa ser suficiente para cobrir alguns ajustes. É possível oferecer como margem dinheiro, títulos de renda ou ações, e o valor pode mudar de acordo com a volatilidade.

As corretoras podem oferecer acesso através de plataformas broker, com a contagem que variava de empresa para empresa, e as operações podem ser feitas tanto na fase de valorização, quanto na desvalorização. Os índices também são tributáveis, e podem possuir corretagem e emolumentos. Sendo o investidor o responsável pelo imposto de renda.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Investimento

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *