Deflator do PIB

Para se entender o que é o deflator do Produto Interno Bruto, é preciso antes ter a noção exata do que é o PIB Nominal e o PIB Real.

O PIB nominal é o valor que se alcança na soma de todos os bens produzidos em um determinado local, a preços correntes, durante um determinado espaço de tempo. Por ser um cálculo baseado apenas em valores, a quantidade de produtos pode ser sempre a mesma, mas, devido à inflação, o valor dos produtos pode subir, o que geraria um aumento no PIB, embora a produção ainda fosse a mesma.

Tabela

Já no PIB real, toma-se um ano como ano-base, ou seja, se pega os valores dos produtos durante aquele ano e se calcula o aumento de produção e, por consequência, o aumento ou diminuição no PIB, pela quantidade de produtos produzidos a mais ou a menos. A inflação não influencia neste cálculo, já que o ano base será sempre o mesmo, com o mesmo valor de mercado dos produtos do ano-base.

Tendo estes dois conceitos claros, fica mais simples entender o que é o deflator do Produto Interno Bruto. O deflator do PIB é a divisão do PIB Nominal pelo PIB Real, multiplicados por cem. Este valor serve para medir o preço da unidade típica do produto, em comparação com o preço que se leva em consideração como o preço real do produto em seu ano-base.

Indicadores

Na verdade, o deflator é o que se usa para ter a noção de quanto os produtos foram valorizados em determinado espaço de tempo, possibilitando assim, que o Produto Interno Bruto seja compreendido como mais do que simplesmente o aumento de preço através da inflação no valor de um produto, e sim, a média entre o que o produto realmente custa, e quanto ele deve custar para os cálculos levando em consideração valores do ano base.

Analise

Os valores reais dos produtos não são sempre considerados quando se calcula o PIB, e os economistas dão maior ênfase aos valores da taxa de PIB Real do que o PIB Nominal, exatamente para escapar o risco de demonstrar um PIB alto devido exclusivamente aos valores inflacionados de algo; o deflator ajuda a compensar este tipo de cálculo, levando em consideração ambos os PIBs para seu cálculo: o Produto interno bruto real e o produto interno bruto nominal – demonstrando assim um valor mais próximo do real.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Inflação

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *