Empréstimo Em Banco

Empréstimo em banco

Quando a situação financeira fica um pouquinho mais apertada, não e raro pensarmos em recorrer a um empréstimo feito em um banco da nossa confiança – afinal, estas instituições fazem muitas propagandas sobre o assunto e não parece que nada poderá dar errado.

Emprestimo Em Banco

Emprestimo Em Banco

No entanto, qualquer situação envolvendo um gasto grande, tais como as prestações de um empréstimo, envolvem muito planejamento e pensamento antes de serem efetivadas, para que essa ajudinha que parece tão simples não se torne uma dor de cabeça maior do que o próprio problema que a originou.

Antes de mais nada, é necessário ter a certeza de que um empréstimo é exatamente o que você precisa – talvez a dívida possa ser resolvida de outra maneira, com uma renegociação ou alteração de alguma forma. Se esse não for o caso e o empréstimo for, de fato, uma necessidade, é preciso se certificar que o empréstimo que você vai fazer é o certo para você.

Mesmo que já seja cliente de um banco em específico, busque alternativas como em uma compra comum, afinal, o empréstimo não deixa de ser uma compra de um determinado valor a ser pago em parcelas – a chave para um bom negócio sempre fica por conta de uma boa pesquisa. Verifique taxas de juros, condições de pagamentos e sempre confira quais são as políticas da instituição em caso de inadimplência ou atraso de pagamento: estes são fatores a serem verificados porque, por mais que se planeje algo, o futuro não é algo garantido e você, antes de se comprometer, vai querer saber as consequências do futuro.

Banco

Banco

Depois de pesquisar, compare os prós e contras de cada instituição – nem sempre apenas as taxas de jutos mais baixas garantem o melhor negócio – prazos e questões mais delicadas como atrasos e disponibilidade de crédito também precisam ser levadas em consideração.

Depois de pesquisar tudo isso, fale com o gerente do banco escolhido, faça uma simulação de gastos e decida em quantas parcelas será feito o contrato – note que esta etapa pode levar alguns dias, já que o ideal é que a projeção seja levada para casa e analisada, para que os gastos que irão acontecer durante a época do parcelamento do empréstimo devem ser levados em consideração.

Emprestimo

Emprestimo

Pese bem os prós e contras de prazos – quanto mais extensos geram mais juros, mas prazos muito curtos podem deixar a prestação muito alta – e a inadimplência gera juros também. Os gastos habituais devem ser calculados e a prestação não deve, de maneira nenhuma, ultrapassar 30% de sua renda total.

Depois de pesquisado e conferido, faça o empréstimo de maneira mais calma, sabendo os riscos e benefícios que está adquirindo junto com o dinheiro que está levando. No mundo dos negócios, cautela é sempre a palavra de ordem.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Empréstimo

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *