Como Evitar a Inflação no Orçamento Familiar?

Não se pode ignorar o fato de que na história da economia nacional o plano Real foi a moeda que mais conseguiu segurar a inflação por longo tempo, o que de fato ajudou para que as famílias de classe média organizassem o orçamentos. A elite consegue escapar dos movimentos inflacionários ao investir em outros setores e por consequência arrecadar com os juros. Mas, o que as famílias de classe média ou baixa podem fazer para evitar com que a inflação consuma o orçamento da família?

Dinheiro na Poupança

Em momentos nos quais a inflação está em alta os consumidores precisam compreender que existe a necessidade de fazer economia. Porém, quando os movimentos inflacionários estão em baixa, também existe essa necessidade, visto que cedo ou tarde o aumento sem controle dos preços pode acontecer. Por esse motivo é sempre importante reservar dinheiro na poupança.

Nas terras nacionais quando a inflação está em alta o governo tem a tendência de também aumentar os valores dos juros de mercado. Nesse sentido, quem tem dinheiro guardado na conta poupança vai receber maior volume de renda ao mês. Fazer as finanças trabalhar ao invés de fazer trabalho para ter quantias financeiras consiste em um segredo para não sofrer com os movimentos inflacionários. Caso aconteça algum tipo de problema no orçamento use parte da quantia poupada para sanar as dívidas e dormir tranquilo no travesseiro ao saber que o orçamento está salvo. 

Vender o Usado

Durante a inflação existe maior tendência dos preços de bens aumentarem do que entrar em processo de queda. Nesse sentido, quem está em busca de saída ao orçamento pode vender o carro usado, visto que estará valorizado por causa dos movimentos inflacionário. Quando a economia está equilibrada a desvalorização de automotivos acontece em ritmo alto. Porém, com a inflação em alta, de forma provável o veículo terá maior valor para a revenda.

O fato de vender usados não se refere apenas ao automotivo. Qualquer tipo de bem pode aumentar o valor ao acompanhar os movimentos inflacionários. Caso esteja pensando em vender um computador, por exemplo, existe maior tendência de arrecadar valores acima da média do que com a economia em equilíbrio.

Investimento ao Longo Prazo

Um segredo que de forma provável quase todos os investidores de longa data dizem valer a pena para escapar dos movimentos da inflação está na compra de imóveis. Além de existir tendência de valorizar quando a compra acontece em cidades que apenas crescem em termos de infraestrutura, os alugueis também sofrem o aumento de preço por causa da inflação e em consequência donos das casas podem ganhar maior valor financeiro para melhorar as condições no fluxo de caixa do orçamento que foi traçado. 

Cuidado com Empréstimos

Entre os valores que ganham maior aumento por causa da inflação vale destacar os bancos que aumentam sem dó o preço a se pagar por conta de empréstimos pessoais ou mesmo uso do cheque especial por conta de fatos que não estavam previstos em termos de orçamento.

Quem faz o saque do cartão de crédito por causa de urgências irremediáveis corre o risco de pagar valor além do que o dobro da dívida no momento em que a inflação se encontra nas alturas, de forma principal quando o trabalho acontece com bancos internacionais que trabalham e cobram via dólar.

Com poucos dólares no mercado que foram retirados por investidores a moeda-norte-americana aumenta o câmbio e prejudica de forma direta nos valores a se pagar por conta do empréstimo. Por esse motivo que é sempre importante manter a conta poupança com alguma quantia para fazer o saque nos momentos emergenciais. 

De Olho na Alimentação 

Durante a Segunda Guerra Mundial as pessoas faziam filas para pagar altos valores por pouca comida. Em épocas sem guerra a inflação também modifica de forma direta os preços dos alimentos para cima e por esse motivo existe a necessidade de tomar cuidado com as compras. Compre no supermercado que tem preços populares e evite ir às compras com fome e por consequência consumir sanduíches que aumentam os gastos no mercado de forma direta.

Jantar fora de casa também pode ser uma opção negativa em tempos de inflação. Quando menos se espera a conta fica alta e por consequência o orçamento familiar fica prejudicado ao ponto de atrapalhar outros pagamentos, ou mesmo ter que pedir a assistência do cheque especial e pagar os juros abusivos.

Quem faz universidade pode trazer lanche de casa que além de mais gostoso e higiênico também é menos custoso. Uma fruta pode ser estimulante para continuar o trabalho ou os estudos com maior vigor e energia. Cuide da saúde e ao mesmo tempo faça economia, visto que os alimentos gordurosos também possuem a tendência de serem caros.

Se não tiver como trazer comida de casa, procura a lanchonete que oferta os melhores preços, o que de forma quase certa não se encontra na praça de alimentação do centro de estudo, mas nas ruas que se encontram ao entorno que sabem da diferença dos preços e diminuem o nível de precificação para ganhar em termos de concorrência. 

Horta Caseira

Quem teve a sorte de ter ensinamento ambiental na escola com certeza aprendeu a fazer algum tipo de horta. Se existir espaço na sua casa, não pense duas vezes em fazer a sua própria plantação. Tenha em mente de que em pouco tempo o bolso vai sentir a diferença. Sem contar que não existe a presença de agrotóxicos, que prejudicam não apenas a saúde como também o meio ambiente.

Hora da Troca

Caso o preço de algum tipo de produto aumente em nível a se considerar abusivo existe a necessidade de substituir por algo que seja similar, talvez a mudança da marca, por exemplo. O importante está no fato de encontrar soluções no sentido de economizar ao levar em conta que a inflação pode consumir o orçamento traçado com cuidado, empenho e disciplina.

Atrasar o Crédito

Em nenhuma hipótese atrase o pagamento do cartão de crédito, visto que o atraso culmina com a exigência de pagamento do maior juro do mercado. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dinheiro

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *