Valuta Câmbio

O termo valuta é proveniente do vocabulário italiano que foi introduzido em meio ao século XIII e este termo significa “moeda”, “dinheiro”, já a palavra câmbio representa a troca de uma moeda por outra, sendo assim podemos dizer que valuta câmbio é a troca de dinheiro ou moeda de um determinado país por dinheiro ou moeda de outro país.

Troca

Normalmente as operações de câmbio parecem um tanto quanto complicadas a primeira vista, mas aos poucos vamos percebendo que se trata apenas de uma questão de se inteirar deste assunto, afinal a economia faz parte do nosso dia a dia, quer a gente queira ou não.

Taxa de Câmbio

Podemos definir taxa de câmbio de duas formas distintas, em termos diretos ou ao incerto, e em termos indiretos ou ao certo. Mas o que quer dizer isso? A definição da taxa de câmbio ocorre ao incerto ou em termos diretos quando representa o valor de unidade monetária de outro país em unidades monetárias da moeda nacional.

Valor

E a definição da taxa de câmbio ao certo ou em termos indiretos ocorre quando representa o valor da unidade monetária da moeda nacional em unidade monetária da moeda de outro país.

Desta forma é correto afirmar que a taxa de câmbio é responsável por refletir o custo do dinheiro ou moeda de um país em relação a dinheiro ou moeda de outro país. Estas taxas dividem-se em taxa de compra e taxa de venda.

Os Bancos e o Câmbio

Uma agência bancária ou agente autorizado a efetuar operações desta natureza define a taxa de venda como o valor a ser cobrado para a venda de moeda estrangeira a importadores, por exemplo. Já as taxas de compra representam os valores que serão pagos por moeda estrangeira ofertada, por exemplo, por exportadores.

Autorizado

Considerando-se estas taxas podemos dizer que o câmbio consiste em uma das mais importantes variáveis da macroeconomia, especialmente quando se trata de comércio internacional. Ao realizar negociações de ativos entre dois países é necessária a realização de mudança de unidade, ou seja, da moeda nacional para moeda estrangeira.

Arranjos do Câmbio

Existe uma ampla variedade de arranjos cambiais diferentes que podem ser adotados em cada país ao longo do tempo. Mas apesar da diversidade eles podem ser resumidos ou agrupados basicamente em apenas dois segmentos, os regimes cambiais flutuantes ou fixos.

Estes regimes se diferem basicamente da seguinte forma: as taxas de câmbio fixo são definidas pelas autoridades monetárias do país, e as taxas de câmbio flutuante são definidas pelo mercado cambial, ou seja, pelos movimentos constantes de oferta e procura por ativos de moeda estrangeira.

As políticas cambiais são definidas pelo governo e tem grande influência no mercado de câmbio e também nas taxas de câmbio.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Câmbio

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *