Estímulo Fiscal Contra Guerra Cambial

De acordo com Guido Mantega que é nosso ministro da Fazenda, os países mais desenvolvidos bem que poderiam favorecer suas economias através de mais estímulos fiscais e não permitir políticas fiscais sem grandes controles o que pode levar ao desequilíbrio cambial. Ainda segundo Mantega algumas economias fortes como é o caso da Alemanha retiraram os estímulos fiscais muito cedo e com isso colocaram em risco a recuperação da economia mundial.

Estímulo Fiscal Contra Guerra Cambial

Incentivo as Exportações

Com a retirada dos estímulos fiscais existem países hoje que estão usando outros recursos como às políticas monetárias frouxas demais e com isso enfraquecem suas taxas e cambio e aceleram as exportações, mas com isso estão causando também uma verdadeira guerra não somente cambial como também comercial. O estimulo fiscal contra a guerra cambial é uma das medidas mais saudáveis. Segundo o ministro, que participa, neste final de semana, de reunião em Washington, com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial, é preciso que se leve novamente para o G20 as discussões a respeito da recuperação de economias avançadas.

Pib do Brasil

Em Que Basear a Recuperação

Para Mantega a recuperação deveria sempre ser baseada nos mercados domésticos e não como está sendo feita, ou seja, olhando para as economias dinâmicas de países emergentes. Ele afirmou ainda que pretenda levar essa discussão para Seul na Coréia do Sul onde acontecerá a próxima reunião do G20 de países desenvolvidos e emergentes. A previsão para o Brasil este ano é de que sua economia possa crescer mais de 7% uma vez que sua taxa de crescimento está entre as mais fortes do mundo. Para o ministro cometemos erros ao avaliar a recuperação da economia global.

Dolar

Medidas Para Frear Valorização de Moedas

Com as perspectivas de que o Federal Reserve dos Estados Unidos viesse a tornar a política monetária mais flexível, os investidores buscaram maiores retornos financeiros em outros lugares o que fez com que o dólar desde o inicio do mês de setembro venha progressivamente enfraquecendo. São muitos os países que vem dotando medidas com o objetivo de frear a valorização das suas moedas. O Brasil que tem uma das taxas básicas de juros mais altas do mundo vem comprando dólares para aumentar suas reservas internacionais, além disso, no começo da semana o governo aumentou para 4% o imposto sobre investimentos em renda fixa por parte de estrangeiros.

Acumular Reservas Não é a Solução

Para o ministro o acumulo de reservas internacionais não é a melhor solução para conter a apreciação de moedas, porém o Brasil vai continuar agindo assim, pois precisa proteger sua economia. Mantega fez críticas a China por estar desvalorizando o iuan em sincronia com o dólar.  O regime de cambio flutuante que é o melhor está sendo corrompido segundo Mantega, o que certamente trará resultados negativos para todos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Câmbio

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *