Câmbio de Divisas

Ao falarmos em câmbio de divisas antes se faz necessário que entendamos o significado de cada uma destas palavras. A palavra câmbio significa troca. A palavra divisa é o mesmo que moeda, sendo assim o câmbio de divisas consiste na troca da moeda nacional pela moeda de outros países, ou vice-versa.

Troca

Taxa de Câmbio

O câmbio de divisas é regulado pela chamada taxa de câmbio, que consiste, por exemplo, no valor da unidade monetária da nossa moeda ou divisa, o Real, em unidade monetária de outras moedas ou divisas. A taxa de câmbio poderá se definir em termos diretos ou indiretos. A forma direta se dá quando representa o valor da unidade monetária de outro país em unidade monetária da moeda nacional. A forma indireta é quando representa o valor da unidade monetária da moeda nacional, no caso o real, em unidade monetária da moeda estrangeira. Desta forma a taxa de câmbio vai refletir o custo das divisas de um país em relação a outras divisas de outros países. A taxa referente a venda das divisas se refere ao valor que os bancos cobram para vender moedas estrangeiras, por exemplo, a importadores. Já a taxa referente a compra das divisas se refere ao valor que os bancos se dispõe a pagar por divisas estrangeiras que lhe são oferecidas, por exemplo, por exportadores.

Real

Importância do Câmbio

Podemos dizer que o câmbio de divisas consiste em uma das mudanças mais importantes na macroeconomia, especialmente no que diz respeito à comércio internacional. Negociações ativas entre países, invariavelmente vão requerer o câmbio de divisas.

Comercio

Arranjos do Câmbio

Há uma grande variedade de arranjos cambiais que foram adotados ao longo dos anos, porém todos eles podem se agrupar em apenas dois segmentos que são basicamente: regime de câmbio fixo e regime de câmbio flutuante. Existe uma diferença básica nestes dois regimes, por exemplo, enquanto o câmbio fixo tem suas taxas definidas por autoridades monetárias do país, nos câmbios flutuantes esta mesma taxa se forma no mercado de câmbio por meio de movimentos como oferta e procura, por ativos da moeda estrangeira.

Conceitos

Cabe ressaltar que mercado de câmbio não é o mesmo que política cambial. O mercado de câmbio se refere ao local, que pode ser virtual ou físico, onde se realizam operações cambiais entre bancos, distribuidoras, corretoras, agências de turismo, etc., e seus respectivos clientes. Já a política cambial diz respeito ao conjunto de ações e medidas do governo, cuja função é influir no comportamento das taxas de câmbio e dos mercados de câmbio. Todas estas informações e conceitos podem parecer um tanto quanto complicadas em um primeiro momento, mas o câmbio de divisas é feito comumente em viagens internacionais, por exemplo, e ninguém acha que seja complicado realizar esta operação.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Câmbio

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Estou a fazer investigações sobre o cambio de divisas

    NomePatou Mongo 1 de abril de 2013 16:00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *